Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Tondela apresenta festival “Tom de Festa” com um orçamento de 40 mil euros

Tondela apresenta festival “Tom de Festa” com um orçamento de 40 mil euros

A Associação Cultural e Recreativa de Tondela (ACERT) apresentou a 29.ª edição do festival de músicas do mundo Tom de Festa, que conta com um orçamento de 40 mil euros e tem o preço do bilhete a um euro.

O orçamento de 40 mil euros, superior ao do ano passado, conta com uma participação de 22 mil euros da Câmara Municipal de Tondela e com o apoio de empresas de pequena, média e grande dimensão, porque o número de entradas não vai cobrir a diferença do subsídio para o custo”, referiu o presidente da ACERT.

Luís Tenreiro acrescentou que a Câmara Municipal de Tondela “é o principal parceiro ao longo dos anos”, o que “vai permitindo esta resistência da ACERT para ultrapassar e ‘dar a volta’ às contrariedades que vão surgindo”, lembrando os cortes da Direção-Geral das Artes, anunciado em 2018.

O festival tem entrada gratuita no primeiro dia e, depois, tem um custo de cinco euros a pulseira que dá acesso a todo o Tom de Festa, ou seja, “fica a um euro por dia, para garantir que todos os cidadãos possam usufruir da mesma forma, com o mesmo direito, da música, das artes plásticas, da animação e da gastronomia” deste festival.

O responsável associativo defendeu “a qualidade” como ponto base do festival e “a divulgação de vários géneros musicais e de grupos, uns recentes e outros com larga experiência, e conhecidos em várias partes do mundo”, como “é a matriz” da ACERT.

Uma matriz elogiada pelo autarca de Tondela, José António Jesus, que assumiu que “não se trata de mais uma edição, trata-se da edição do Tom de Festa” que coloca Tondela “na esfera da ambição de fazer bem e melhor, de serem criativos e essa é a grande arma” da ACERT que “motiva [a câmara] a ser parceiro neste projeto”.

O evento, este ano, também tem uma vertente ambiental, explicou Luís Tenreiro, “para acabar com os copos plásticos usado nas bebidas, à entrada compram, por um euro, um copo reciclável, ou uma caneca de metal, ainda está por decidir, que será devolvido à saída, se as pessoas assim o entenderem, na devolução do copo”.

 

Pode ver também

Festival de cinema Vista Curta de Viseu alarga o olhar sobre a África lusófona

O festival de cinema VistaCurta, organizado pelo Cine Clube de Viseu, propõe um “olhar especial” …

Comente este artigo