Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Desporto / SAD do Académico de Viseu voltou a falhar demonstração de cumprimento salarial

SAD do Académico de Viseu voltou a falhar demonstração de cumprimento salarial

A SAD do Académico de Viseu não demonstrou junto da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) o cumprimento salarial dos meses de dezembro de 2020, e janeiro e fevereiro de 2021, confirmou à Lusa fonte do clube.

Esta é uma situação em todo semelhante à que havia acontecido em dezembro passado, relativa aos meses de setembro a novembro de 2020, acabando a SAD do clube beirão, da II Liga de futebol, por cumprir esses pressupostos dentro do prazo de 15 dias que lhe foi dado pelo organismo que tutela o futebol profissional em Portugal.

A Liga já notificou o Académico de Viseu que tem até final deste mês de março para fazer a demonstração do cumprimento salarial a técnicos e jogadores da sua equipa profissional, ou ficará sujeito às penalizações previstas pelo regulamento disciplinar das competições profissionais de futebol, e que poderá passar pela subtração de pontos.

Fonte da SAD viseense garantiu à Lusa que, durante a próxima semana, será entregue toda a documentação exigida pela Liga de clubes.

Esta situação surge na mesma semana em que o clube viseense se viu privado da sua habitual ‘casa’, o Estádio do Fontelo, que entrou em obras de requalificação que poder-se-ão prolongar até outubro próximo, obrigando a SAD viseense a procurar uma alternativa, e a opção passa pelo recurso ao Municipal de Aveiro.

Falta apenas que a LPFP licencie o estádio para receber jogos das competições profissionais, processo que “deverá estar concluído durante os próximos dias”, segundo fonte da SAD viseense, a tempo de receber o jogo frente ao Varzim, a contar para a 26.º jornada da II Liga, agendado para 26 de março, pelas 18:00.

O Académico de Viseu é o atual 13.º classificado da II Liga, com 25 pontos.

 

Pode ver também

Atribuição do nome de Almeida Henriques ao Polo Arqueológico de Viseu discutida na quinta-feira

A atribuição do nome de António Almeida Henriques ao Polo Arqueológico de Viseu (PAV), proposta …

Comente este artigo