Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Desporto / Pako Ayestarán quer Tondela “assertivo no último terço” frente ao Famalicão
treinador do Tondela - Pako Ayestaran

Pako Ayestarán quer Tondela “assertivo no último terço” frente ao Famalicão

O treinador do Tondela, Pako Ayestarán, assumiu, esta sexta-feira, querer a equipa “mais assertiva no último terço” do campo, frente ao Famalicão, em jogo da 24.ª jornada da Liga Bwin.

“Se formos capazes de fazer um jogo equilibrado, como contra o [Sporting de] Braga, tanto no ataque como na defesa e, quem sabe, estarmos mais assertivos no último terço, creio que já é uma boa resposta da equipa”, defendeu Pako Ayestarán.

Isso e, continuou, “não repetir os pequenos erros cometidos” na última jornada e “estar mais assertivo no último terço”, reforçou o técnico espanhol na conferência de imprensa de antevisão ao jogo no Estádio Municipal de Famalicão.

Pako Ayestarán reconheceu que a sua equipa se preparou “com muito trabalho, muita responsabilidade e a acreditar” que é “capaz de fazer o que tem sido feito” nos últimos jogos e, se assim for, “os resultados têm de chegar”.

Em relação ao adversário, que em casa do Tondela perdeu por 3-2 na primeira volta do campeonato, o técnico “beirão” considerou que agora “está no momento doce da época” e que “este é o melhor Famalicão da época”, lembrando que nos últimos jogos marcou seis golos e não sofreu nenhum.

“Trabalho, responsabilidade, intensidade e acreditar que somos capazes e a partir daí, no dia do jogo, é tratar que o rendimento seja o que esperamos de cada um de nós e, primeiro, temos de nos concentrar em cada um de nós”, afirmou.

Aos adeptos disse que “há que acreditar, porque a equipa está a demonstrar que está viva, está a competir em todos os jogos e isso é o que todos os adeptos perseguem” e, por isso, desafiou-os a irem ao estádio e que “vejam onze jogadores que trabalham para conseguir resultados e isso está a acontecer”.

Com o jogo das meias-finais para a Taça de Portugal agendado próxima a quinta-feira – receção ao Mafra -, o técnico disse que “a concentração máxima é o Famalicão” e recusa-se a escolher as provas.

“Não abdicamos de nada. Eu quero os três pontos neste jogo e logo quero ganhar o seguinte, como todos os treinadores, adeptos e jogadores”, disse o técnico que conduziu o Tondela, pela primeira vez, às meias-finais da “prova rainha”.

O Tondela, 16.º classificado, com 20 pontos, vai ao estádio do Famalicão, 12.º, com 23, no sábado, a partir das 15h30, num encontro a contar para a 24.ª jornada da Liga Bwin, arbitrado por Hélder Malheiro, da Associação de Futebol de Lisboa.

 

Pode ver também

Viseu: Greve dos professores cresce “a cada dia que passa” por culpa do Governo, diz Fenprof

O secretário-geral da Federação Nacional de Professores (Fenprof), Mário Nogueira, acusou hoje, em Viseu, o …

Comente este artigo