Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / O autarca de Viseu diz que requalificação do IP3 “é um remendo”

O autarca de Viseu diz que requalificação do IP3 “é um remendo”

O presidente da Câmara de Viseu lamenta o “atraso flagrante” na empreitada de requalificação do troço do Itinerário Principal (IP) 3 entre os nós de Penacova e a ponte da Foz do Dão, iniciada em maio de 2019.   

O primeiro troço ainda não está concluído, o autarca diz que nem se sabe quando é que vai estar concluído o projeto dos restantes troços”, referiu Almeida Henriques.

A empreitada arrancou em maio de 2019, com um prazo de execução de 330 dias. A intervenção contempla um troço com cerca de 16 quilómetros.

O autarca social-democrata disse continuar a entender que esta requalificação “é um remendo” e que não pode ser a solução definitiva para a ligação entre Viseu e Coimbra.

O autarca de Viseu diz que os trabalhos que estão a ser executados no troço que liga as cidades de Viseu e Coimbra é um “remendo”, e esta não é uma solução de futuro.

O autarca de Viseu mantém a posição de alternativa ao IP3 a recuperação da Via dos Duques, esta sim, diz Almeida Henriques, era estruturante e permitia concluir o IC12, fazer o IC37 entre Viseu e Nelas e depois a ligação a Seia” e a ligação a Sul de Coimbra.

Para Almeida Henriques, a Via dos Duques seria uma obra estruturante do ponto até da coesão territorial.

Segundo a Infraestruturas de Portugal, a empreitada de requalificação do troço do IP3 entre os nós de Penacova e Lagoa Azul, junto à ponte da Foz do Dão, “representa um investimento no valor de 11,8 milhões de euros no reforço das condições de circulação, mobilidade e segurança de uma das principais vias de ligação do interior do país”.

Esta empreitada representa a primeira fase do projeto de requalificação integral do IP3 entre o nó de Souselas, em Coimbra, e o de Viseu com a A25, numa extensão de 75 quilómetros, num investimento de 134 milhões de euros, suportado pelo Orçamento do Estado.

 

Pode ver também

Carlos Paixão apresenta livro nas comemorações dos 910 anos do foral de Sátão

O município e a junta de freguesia de Sátão vão assinalar no próximo domingo, a …

Comente este artigo