Home / Notícias / No 30º aniversário do seu falecimento, José de Azeredo Perdigão é homenageado, em Viseu

No 30º aniversário do seu falecimento, José de Azeredo Perdigão é homenageado, em Viseu

Município de Viseu, em parceria com a Fundação Calouste Gulbenkian e a Associação Viriatos.14, promove programa que irá evocar a figura e a obra deste viseense da Cultura, no próximo dia 10 de setembro. Cerimónia decorrerá no Conservatório Regional de Música, que recebeu o seu nome 

No próximo dia 10 de setembro, o Conservatório Regional de Música de Viseu, no Solar dos Condes de Prime, será palco de uma cerimónia de homenagem ao viseense José de Azeredo Perdigão, numa altura em que se assinalam precisamente três décadas do seu falecimento. A iniciativa é organizada pelo Município de Viseu, em parceria com a Fundação Calouste Gulbenkian e a Associação Viriatos.14. 

Nascido em Viseu, a 19 de setembro de 1896, José de Azeredo Perdigão era advogado, licenciado em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa e pós-graduado em Ciências Jurídicas pela Universidade de Coimbra. Foi ainda Doutor Honoris Causa em Direito pelas Universidades de Coimbra, do Porto, Nova de Lisboa, da Baía, do Rio de Janeiro e de São Paulo. Nesta área, destacou-se em grandes processos civis, comerciais e criminais. 

Pese embora esta vertente, foi, igualmente, uma figura de elevada relevância para as Artes e a Cultura no país. Como advogado pessoal de Calouste Gulbenkian, herdou a confiança deste que, em testamento, lhe depositou a sua vasta coleção de arte. Determinado em honrar tal decisão, Azeredo Perdigão lutou pela causa, concretizando a criação da Fundação do filantropo, à qual se passou a dedicar, inteiramente, desde 1956, tendo assumido a presidência do seu Conselho de Administração ao longo de 37 anos. 

Neste dia 10 de setembro, as cerimónias de homenagem iniciarão com a deposição de uma coroa de flores na campa, pelas 10H30, num momento privado, reservado à família e entidades oficiais, no Cemitério de Viseu.

Pelas 11 horas, no Conservatório Regional de Música, terá lugar a Sessão Pública de evocação de José de Azeredo Perdigão e a apresentação do projeto BEIRA – Observatório de Ideias Contemporâneas Azeredo Perdigão. 

Esta sessão contará com a apresentação e moderação do jornalista Henrique Monteiro e as intervenções do Presidente da Câmara Municipal de Viseu, Fernando Ruas, e do Administrador da Fundação Calouste Gulbenkian, Guilherme d’Oliveira Martins. A apresentação do projeto BEIRA será realizada pelo Presidente da autarquia. 

A cerimónia de homenagem encerra com uma visita guiada ao Palácio dos Condes de Prime e à Casa do Miradouro/ Polo Arqueológico de Viseu António Almeida Henriques. 

 

Pode ver também

Lamego acolhe workshop sobre segurança contra incêndios

Uma plateia atenta encheu por completo o auditório do Centro Multiusos de Lamego para assistir …

Comente este artigo