Home / Notícias / Local / Escavações arqueológicas em Vouzela terminam sábado com dia aberto à população

Escavações arqueológicas em Vouzela terminam sábado com dia aberto à população

No âmbito dos projetos de investigação em curso entre o Município de Vouzela e as Universidades Nova de Lisboa e do Algarve, estão a decorrer, até ao dia 8 de julho, escavações arqueológicas no concelho.

Os dois sítios em estudo localizam-se na freguesia da Ventosa.

Segundo Catarina Tente, investigadora da Universidade Nova de Lisboa, “o mais antigo, a mamoa da Seixosa, junto à povoação de Vila Nova, é um sepulcro pré-histórico com cerca de 5000 anos, onde se recuperaram objetos que acompanharam os mortos, tais como machados, facas e pontas de seta fabricados em pedra. O sítio dos Lameiros Tapados, localizado abaixo da Penoita, é um conjunto de casas medievais usadas sazonalmente por pastores e data em torno dos séculos X e XI”.

Nos trabalhos participam alunos e jovens investigadores daquelas Universidades e técnicos da Câmara Municipal.

No próximo mês de setembro estes trabalhos de campo irão ter lugar em dois outros sítios arqueológicos situados na união e freguesias de Cambra e Carvalhal de Vermilhas: a anta da Lapa da Meruje e o sítio medieval do Tapado das Casas.

𝗗𝗶𝗮 𝗔𝗯𝗲𝗿𝘁𝗼 à𝘀 𝗘𝘀𝗰𝗮𝘃𝗮çõ𝗲𝘀 𝗔𝗿𝗾𝘂𝗲𝗼𝗹ó𝗴𝗶𝗰𝗮𝘀 𝗱𝗼𝘀 𝗟𝗮𝗺𝗲𝗶𝗿𝗼𝘀 𝗧𝗮𝗽𝗮𝗱𝗼𝘀 (𝗩𝗲𝗻𝘁𝗼𝘀𝗮) 𝗮 𝟴 𝗱𝗲 𝗷𝘂𝗹𝗵𝗼

Este sábado, dia 8 de julho, entre as 9h e as 12h, decorrerá o um DIA ABERTO ao público para visita e apresentação das escavações arqueológicas nos Lameiros Tapados (Ventosa, Vouzela).

A investigadora Catarina Tente estará disponível para guiar a visita aos trabalhos em curso, conversar sobre o projeto de investigação e os resultados esperados, a quem se dirigir às escavações naquele horário, sem necessidade de marcação prévia.

 

Pode ver também

Vila Nova de Paiva: Município entregou 14 incentivos à natalidade

O Município de Vila Nova de Paiva continua a apoiar as famílias “Paivenses”, ao abrigo …

Comente este artigo