Home / Notícias / Câmara de Viseu quer comprar casas nas freguesias rurais para contrariar despovoamento
Fernando Ruas, presidente da CM de Viseu e da CIM Viseu Dão Lafões

Câmara de Viseu quer comprar casas nas freguesias rurais para contrariar despovoamento

A Câmara de Viseu diz estar disponível para adquirir casas devolutas ou em estado de ruína situadas nas freguesias rurais, que serão depois reabilitadas e disponibilizadas às famílias, numa tentativa de contrariar a tendência de despovoamento.

Em comunicado, a autarquia informou que “os proprietários interessados na venda das casas poderão solicitar o agendamento de uma reunião”, nas instalações da Sociedade de Reabilitação Urbana Viseu Novo.

No dia da reunião, os proprietários terão de levar alguma documentação para análise, “como certidões das Finanças e da Conservatória, registos fotográficos da casa e uma proposta do valor de venda”, explicou.

Posteriormente, o município, através da Viseu Novo e da empresa municipal Habisolvis, analisará “a possível aquisição, solicitando uma avaliação patrimonial ao imóvel”, acrescentou.

Segundo a autarquia, “de acordo com os últimos dados dos censos 2021, o concelho de Viseu ganhou população, no último decénio, com uma variação de 0,3%”.

“Contudo, analisando a evolução da população residente no concelho, por freguesia, nos últimos dez anos, torna-se percetível que algumas freguesias estão a perder população, progressivamente, à exceção das freguesias periféricas à cidade, como Mundão, Orgens, Ranhados, Repeses e São Salvador”, lamentou.

Atendendo à “tendência de despovoamento da população nas freguesias rurais”, o executivo camarário pretende “contrariar essas assimetrias e enquadrar os projetos de casas devolutas ou em estado de ruína na Estratégia Local de Habitação de Viseu”.

Lusa

 

Pode ver também

Livro de Alberto Almeida recorda “Lamego na Construção de Abril”

O Município de Lamego continua a apoiar ativamente todas as manifestações culturais existentes no concelho, através, …

Comente este artigo