Home / Notícias / Autarcas de Sátão e Viseu participaram no 10º aniversário da empresa Fruut

Autarcas de Sátão e Viseu participaram no 10º aniversário da empresa Fruut

Com um investimento total acima de 1,5 milhões de euros na unidade fabril, inaugurada em maio de 2016 e localizada em Travancela, no limite dos concelhos de Sátão e Viseu, a Fruut dinamizou uma visita à sua fábrica e pomares, para dar a conhecer os processos de produção e no âmbito do 10º aniversário, convidou o autarca Fernando Ruas – Viseu e Alexandre Vaz – Sátão.

Neste momento, em Portugal, a marca Fruut está presente em cerca de dez mil máquinas de venda automática e em aproximadamente 7000 mil lojas físicas (3200 em Espanha e 2500 em Portugal).

Apenas um ano após a construção da sua fábrica em Satão, a Fruut, marca de snacks de fruta desidratada 100% naturais, decidiu ampliar a unidade com o objetivo de duplicar a sua capacidade de produção, que é atualmente de 7,7 milhões de embalagens de 20 gr/ano.

A marca, que chega a cinco mercados – além de Portugal, vende para Espanha, Japão, Emirados Árabes Unidos e Reino Unido – gera um volume de negócios já próximo dos 2 Milhões de Euros (M€), registando uma média de crescimento anual de 28,2%. Este ano deverá faturar mais 45,7% face a 2016.

E tudo começou com o objetivo de preencher uma lacuna no mercado: a escassa oferta de snacks saudáveis, 100% naturais. Em 2012, Filipe Simões que, antes de cofundar a Frueat passou por empresas como Xerox ou as editoras Asa e Civilização, conheceu a Sociedade Agrícola Quinta do Vilar, do outro cofundador Henrique Menezes, cujo principal negócio é a comercialização de fruta fresca, mas que desenvolvia paralelamente, ainda que sem expressão em termos de vendas, a desidratação de fruta. Tornaram-se sócios e fundaram a Frueat, com o objetivo de lançar a marca Fruut.

 

Pode ver também

Livro de Alberto Almeida recorda “Lamego na Construção de Abril”

O Município de Lamego continua a apoiar ativamente todas as manifestações culturais existentes no concelho, através, …

Comente este artigo