Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Autarca da Pesqueira espera que requalificação ferroviária sirva para ligar a Espanha

Autarca da Pesqueira espera que requalificação ferroviária sirva para ligar a Espanha

O presidente da Câmara de São João da Pesqueira, espera que a requalificação da ponte e viaduto da Ferradosa seja “o salto necessário” para fazer a ligação ferroviária a Espanha.

“Não sei se se trata apenas de uma reabilitação absolutamente necessária e normal ou se pode ter a ver, e espero bem que sim, com a requalificação de todo o troço [ferroviário], e da ponte e viaduto, para aquilo que agora se fala da ligação do Pocinho a Barca de Alva e aquilo que reclamamos há muito tempo, que é a ligação a Espanha”, disse Manuel Cordeiro.

O presidente da Câmara de São João da Pesqueira, eleito pelo movimento Pela Nossa Terra (PNT), defendeu, ainda em declarações à agência Lusa, que, “se isso vier a acontecer”, deseja que “toda a linha, principalmente até à Régua”, passe a ter “melhores condições”.

O autarca falava a propósito do lançamento, hoje, do concurso público para a empreitada para a conclusão da reabilitação do Viaduto da Ferradosa e da Ponte da Ferradosa, no Douro, com um valor base de procedimento de 4,5 milhões de euros (ME).

Entre os trabalhos a realizar, o concurso destaca: encamisamento de todos os fustes dos pilares da ponte; substituição dos aparelhos bloqueadores da ponte e substituição dos aparelhos de apoio dos tramos metálicos da ponte, alterando o seu funcionamento estrutural.

A ainda a fixação dos tramos de margem nos encontros, por intermédio de elementos fusíveis; reabilitação dos aparelhos de apoio dos tramos de margem e reparação de betão delaminado na face inferior do tabuleiro do viaduto.

“Espero que isto signifique a dotação de melhores condições da linha até ao Pocinho, para que num futuro próximo” se possa “fazer aquela que, há muito tempo, nós e os autarcas da região do Douro, ambicionamos: a ligação a Espanha”. Mas, para isso “são necessárias melhores condições”, reforçou.

“Há muito tempo que se fala da eletrificação até à Régua e da Régua até ao Pocinho, para que depois tenha continuidade, para que não se corra depois o risco de a linha nem sequer ter viabilidade económica”.

“Faz muito sentido a ligação do Porto a Espanha, quer em termos económicos, para transporte de mercadoria e passageiros, quer em termos turísticos e isso para nós é que era um salto tremendo”, sustentou.

Trata-se de “a ligação entre dois patrimónios mundiais, Porto e Salamanca, com dois outros patrimónios mundiais no caminho, o Alto Douro Vinhateiro e as Gravuras do Côa”, em Vila Nova de Foz Côa, no distrito da Guarda.

“Estaríamos a falar, nesta ligação a Espanha, de uma linha fantástica em termos turísticos, para além dos benefícios económicos. Se esta intervenção tem esse fim então é uma excelente notícia a abertura deste procedimento”, sublinhou o autarca.

Manuel Cordeiro apontou ainda que, “se não é com esse intuito, então perde-se uma boa oportunidade” de fazer a ligação ferroviária e, nesse caso, esta requalificação “é normal e só é boa, porque todas as requalificações são boas e necessárias”.

 

Pode ver também

Novo espaço verde vai abrir ao público no centro de Viseu

Um novo espaço verde com mais de dois hectares vai ficar disponível para fruição pública …

Comente este artigo