Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / PCP contra o fim da mobilidade de enfermeiros em Viseu questiona Governo

PCP contra o fim da mobilidade de enfermeiros em Viseu questiona Governo

A prestação de cuidados de saúde de proximidade por parte do Serviço Nacional de Saúde é para o PCP de Viseu fundamental. Como tal, os cuidados de saúde dispensados no domicílio são imprescindíveis.

Filomena Pires, do partido, lamenta que a decisão agora conhecida do Centro Hospitalar Tondela Viseu e do Agrupamento de Centros de Saúde Dão Lafões venha a colocar em causa tal prestação, ao decidirem pôr fim à mobilidade de cinco enfermeiras que estavam “por cedência de interesse público” a exercer funções na Unidade de Cuidados na Comunidade de Viseu.

A decisão para o partido vem interromper uma prática importante para os utentes que dela beneficiavam como para o próprio Agrupamento de Centros de Saúde.

Filomena Pires diz que a preocupação é ainda maior quando se trata de uma região inserida no interior do país.

Esta cessação da mobilidade de enfermeiros para o PCP vem condicionar a prestação de um bom serviço prestado.

O PCP questiona assim o Ministro da Saúde se reconhece que esta decisão do Centro Hospitalar Tondela Viseu vai agravar a prestação de cuidados de saúde de proximidade e os cuidados domiciliários e, se sim, que medidas vão ser tomadas para que não ocorra o fim de cedência de interesse público dos cinco enfermeiros do Centro Hospitalar Tondela Viseu para a Unidade de Cuidados na Comunidade.

O partido pergunta ainda se o Governo tem levado em conta a urgência de contratação dos profissionais de enfermagem em falta no Hospital de Viseu.

 

Pode ver também

Moimenta da Beira incentiva produtores de abóboras

A maior, com 2,15 metros de diâmetro, foi cultivada em casa dos pais de Tiago …

Comente este artigo