Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Passageiros ao frio e ao relento na Estação de Santa Comba Dão
linha

Passageiros ao frio e ao relento na Estação de Santa Comba Dão

Segundo o Bloco de Esquerda, as instalações da estação ferroviária de Santa Comba Dão têm encerrado às 19h00 e, a partir dessa hora, os passageiros são obrigados a ficar ao relento e sem acesso aos sanitários. Isto, porque o funcionário se encontra de baixa prolongada e a CP ainda não fez nenhuma substituição.

Diego Garcia, membro da Comissão Coordenadora Distrital de Viseu, explica que a estação está inserida numa linha muito movimentada com horários até às quatro da manhã.

Os passageiros têm de aguardar no cais de embarque, expostos à chuva e ao frio, numa região onde as temperaturas podem atingir valores negativos. No compasso de espera não têm acesso aos horários, às linhas, e aos atrasos que se encontram disponíveis no ecrã que está no interior da estação.

O único telefone fixo disponível, para chamar um táxi ou contactar alguém no caso de urgência, também tem as portas fechadas.

Diego Garcia explica que a situação é incompreensível porque a estação sofreu há pouco tempo uma requalificação de 300 mil euros com a aquisição de um novo sistema de climatização.

O Bloco de esquerda exigiu ao Governo medidas concretas para resolver uma situação que está a prejudicar a população de Santa Comba.

A estação ferroviária é atravessada pela Linha Internacional da Beira Alta. Por lá passam os comboios Intercidades entre a Guarda-Lisboa às 19h37, o Intercidades Lisboa-Guarda às 21h20, o Sud-Express Lisboa-Hendaye (França) às 00h15 e Hendaye-Lisboa às 3h55 da madrugada.

 

Pode ver também

hospital

Festival de Jazz de Viseu passou pela Pediatria do Hospital São Teotónio

“Gostávamos muito de levar o Festival de Jazz de Viseu à Pediatria!”. Foi esta a …

Comente este artigo