Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Vereador Jorge Sobrado renuncia aos seus pelouros na Câmara de Viseu

Vereador Jorge Sobrado renuncia aos seus pelouros na Câmara de Viseu

O vereador da Câmara de Viseu Jorge Sobrado renunciou aos pelouros da Cultura, Património, Turismo e Marketing Territorial, por entender que chegou o momento de fechar o seu ciclo de serviço ao município.

Em comunicado, a autarquia refere que o presidente da Câmara, Almeida Henriques, “aceitou hoje o pedido de renúncia do vereador Jorge Sobrado aos pelouros da Cultura, Património, Turismo e Marketing Territorial, em si delegados desde o início do atual mandato autárquico”, com efeitos a partir de 15 de fevereiro.

“A decisão foi tomada num contexto de diálogo aberto e estreito entre o vereador, que se mantém em funções sem pelouros, e o presidente da Câmara”, explica a autarquia, acrescentando que os pelouros de Jorge Sobrado serão assumidos por Almeida Henriques.

Numa declaração publicada nas redes sociais, Jorge Sobrado explica que, a partir de 15 de fevereiro, cessará também as suas funções nos órgãos sociais de entidades municipais ou participadas pelo município, como a Viseu Marca, que protagonizou “uma viragem histórica da Feira de São Mateus” enquanto foi o seu gestor.

“Apesar desta decisão, desejo cumprir o meu mandato autárquico até ao seu final, como vereador não executivo (sem pelouros), desde que as minhas futuras responsabilidades profissionais o permitam, correspondendo assim ao desejo de quem me elegeu”, afirma.

Jorge Sobrado esclarece que não pretende disponibilizar-se para uma recandidatura, por entender que chegou o momento de fechar o seu ciclo de serviço ao município de mais de sete anos, durante os quais foi adjunto de Almeida Henriques, vereador e teve, durante quatro anos, “a responsabilidade de gerir e revitalizar a Feira de São Mateus”.

“Esta renúncia não é motivada pela sedução de um novo cargo ou por uma oportunidade profissional financeiramente recompensadora. Antes, considero que é cumprido um ciclo sobre o meu desempenho no município e as condições em que o exerci”, justifica.

No seu entender, “os pilares de política municipal levantados nos últimos anos na Cultura, no Património, no Turismo e no Marketing da cidade são já sólidos o suficiente para não sofrerem qualquer recuo com esta alteração”.

Também “a programação cultural e de apoio à retoma turística de 2021, já publicamente apresentada, está estabilizada e em plena preparação”, apesar do atual contexto de pandemia devido à covid-19, acrescenta.

Com a sua decisão, Jorge Sobrado espera também “contribuir para a sempre desejável renovação de ideias e protagonistas na política, que não deve ser olhada como profissão, mas como missão”.

No comunicado da autarquia, Almeida Henriques alude ao “excelente trabalho de Jorge Sobrado, ao longo de mais de sete anos, primeiro como adjunto e depois como vereador no município, para além dos quase dois anos em que o acompanhou no Governo”, e agradece a “sua dedicação exemplar”.

Licenciado em Ciências da Comunicação, Jorge Sobrado tem-se dedicado a serviços de comunicação pública, projetos de marketing territorial e funções de assessoria de comunicação política, tendo, entre 2008 e 2011, sido diretor do Gabinete de Marketing e Comunicação da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte.

Em Viseu, foi responsável pela programação de eventos como o festival literário “Tinto no Branco” e o Festival de Street Art, e pelo lançamento de projetos como o VisitViseu.pt, o Museu de História da Cidade e o Polo Arqueológico de Viseu.

 

Pode ver também

Penalva do Castelo: Maçã Bravo de Esmolfe com plataforma online

O Centro Estratégico de Inovação Territorial (CEIT), com sede em Penalva do Castelo, vai lançar …

Comente este artigo