Home / Notícias / Tribunal na Galiza confirma pena de 11 anos para empresário de Viseu
Fotografia CM

Tribunal na Galiza confirma pena de 11 anos para empresário de Viseu

O Supremo Tribunal de Justiça da Galiza, em Espanha, confirmou a condenação a 11 anos e quatro meses de prisão de Carlos Pinto, o empresário de Viseu de 60 anos que agrediu a mulher na cabeça, com um maço de calceteiro, no quarto do hotel de Vigo onde estavam, a 2 de maio de 2016.

Ficou provado que “queria acabar com a vida da vítima ao atacá-la de surpresa e por trás”. Está proibido de se aproximar de Eliza, de 29 anos, durante 18 anos ou contactá-la. O empresário é agora arguido, assim como Eliza, num processo de branqueamento de capitais que será julgado em Viseu.

Por CM.

 

Pode ver também

CIM Viseu Dão Lafões lidera projeto europeu de combate aos resíduos urbanos com visita à região neerlandesa de Almere

A Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões participou, nos últimos dois dias, numa visita de estudo aos …

Comente este artigo