Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Desporto / Treinador quer Tondela “com nível” para reduzir pontos positivos do FC Porto

Treinador quer Tondela “com nível” para reduzir pontos positivos do FC Porto

O treinador do Tondela, Pako Ayestarán, disse hoje que a equipa tem de estar ao seu nível para reduzir “os muitos” aspetos positivos do FC Porto, no jogo da 26.ª jornada da I Liga de futebol.

“[Temos de] Estar ao nosso nível e tratar de reduzir os aspetos positivos que tem o [FC] Porto, que tem muitos. Fundamentalmente, o dinamismo que tem no meio campo que, muitas vezes, dificulta os jogadores”, considerou Pako Ayestarán.

Em conferência de imprensa de antevisão à partida da 26.ª jornada do campeonato, em que o Tondela se desloca ao Estádio do Dragão, no domingo, a partir das 18:00, para enfrentar o FC Porto, o técnico espanhol admitiu que “é um jogo difícil”.

Pako Ayestarán assumiu que “todos os treinadores preparam os jogos para ganhar” e lembrou que o percurso do FC Porto no campeonato, ainda sem qualquer derrota e com quatro empates.

“Antes de começar o jogo já temos 0-0 e, no plano do quadro, há possibilidades de ganhar, mas outra coisa é o que acontece depois e o mais importante é que sejamos capazes de ser competitivos e que a partir dessa competitividade se possam sacar resultados”, afirmou.

Apesar do “golpe duro” que o Tondela sofreu no empate por 1-1 na última jornada, frente ao último classificado, o Belenenses SAD, o técnico assumiu que a equipa tem de “reagir o quanto antes” para “arranjar soluções ao nível do jogo e do rendimento”.

“É nisso que estamos, à procura de soluções, de continuar a ser competitivos, e de ser, na medida do possível, uma equipa difícil de bater. Nos últimos jogos conseguimos, defensivamente, estar mais equilibrados e esse é o caminho”, reagiu.

Em relação ao FC Porto, o técnico ‘auriverde’ disse que pode fazer “quatro ou cinco trocas” entre os atletas e “continuar a ser competitivo” e, por isso, “não é nenhuma vantagem” para o Tondela, porque o adversário tem “um plantel suficiente para ser competitivo, independentemente das trocas que faça”.

“É uma equipa que é sempre agressiva, é intensa, que compete, que é capaz de combinar com um jogo direto que é difícil de disputar, portanto, espero o FC Porto de sempre, e por isso é a equipa que está na posição em que está, com os resultados que tem, e é muito competitivo”, acrescentou.

Questionado sobre a pressão que possa existir para alcançar três pontos e sair do lugar do ‘play-off’ da despromoção, o técnico assumiu que “não é um jogo definitivo” e a pressão a equipa tem “desde a primeira jornada” do campeonato da I Liga.

“Este clube está habituado a sentir pressão até à última jornada da Liga, portanto, temos todos de estar acostumados, porque é parte da nossa história”, acrescentou Pako Ayestarán.

O Tondela, 16.º classificado, com 21 pontos, vai ao Estádio do Dragão, no domingo, às 18:00, enfrentar o primeiro classificado, o FC Porto, com 67 pontos, em jogo da 26.ª jornada da I Liga de futebol, arbitrado por Gustavo Correia, da associação do Porto.

 

Pode ver também

Autarquia de Santa Comba Dão atribui mais de 120 mil euros a associações

A Câmara de Santa Comba Dão vai apoiar este ano vinte associações com expressão concelhia …

Comente este artigo