Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Desporto / Treinador do Tondela quer equilíbrio entre defesa e ataque na receção ao Benfica
treinador do Tondela - Pako Ayestaran

Treinador do Tondela quer equilíbrio entre defesa e ataque na receção ao Benfica

O Tondela, na 13.ª posição, recebe esta segunda-feira, pelas 19:00, o Benfica, que está no terceiro lugar no campeonato.

O treinador do Tondela, Pako Ayestarán, mostrou-se hoje preocupado com o equilíbrio entre a defesa e o ataque da sua equipa para a receção ao Benfica, em jogo da 21.ª jornada da I Liga de futebol.

“O que mais preocupa é estar equilibrado, porque se só pensas em defender, não é fácil, mas não é tão difícil, o difícil é defender para poder atacar e isso é o que mais nos preocupa. Que posicionamento e quantos jogadores temos de ter atrás da bola para sermos logo capazes, quando recuperarmos, de termos oportunidade de chegar à baliza contrária”, assumiu Pako Ayestarán.

Na conferência de imprensa de antevisão ao jogo no Estádio João Cardoso, na segunda-feira, pelas 19:00, o técnico espanhol admitiu que o Tondela tem de “melhorar defensivamente” e que, em “muitos momentos”, foram “cometidos erros individuais importantes”.

“A defesa começa no primeiro avançado e o ataque no guarda-redes. O que mais me preocupa em cada jogo é estarmos equilibrados e ser capazes de estar em equilíbrio, tanto quando atacamos, como quando defendemos”, insistiu.

Ainda assim, não poupou elogios à sua equipa pelo trabalho realizado ao longo da semana, nos treinos.

“Estamos conscientes do que é o Tondela, sabemos que não vamos ter uma situação cómoda até ao final, porque está tudo muito perto na classificação. (…) Ainda estamos numa situação em que sabemos que precisamos de cada ponto e, sobretudo, precisamos de controlar as emoções”, assumiu.

Sobre o adversário, desvalorizou o “momento menos bom”, porque “muitas vezes, quando uma equipa grande não está bem e vem de um resultado negativo, é o pior momento para ter como adversário”.

Isto, porque, defendeu, “logicamente, estão feridos no seu orgulho e querem demonstrar que a realidade deles é outra” e, por isso, o Tondela tem de “estar a 100% para ter oportunidades”.

“Seria um erro da nossa parte pensar que um atual momento do Benfica poderia colocar-nos as coisas mais fáceis. Estamos cansados de ver equipas grandes passarem por momentos difíceis e todos sabemos que têm potencial e qualidade para trocar isso a qualquer momento”, acrescentou.

O Tondela, com 20 pontos, na 13.ª posição, recebe esta segunda-feira, pelas 19:00, no Estádio João Cardoso, o Benfica, que conta com 44 pontos e ocupa o terceiro lugar no campeonato, em jogo da 21.ª jornada da I Liga, com arbitragem de João Pinheiro, da associação de Braga.

 

Pode ver também

Autarquia de Santa Comba Dão atribui mais de 120 mil euros a associações

A Câmara de Santa Comba Dão vai apoiar este ano vinte associações com expressão concelhia …

Comente este artigo