Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Sernancelhe: Festa da Castanha promove produtos endógenos

Sernancelhe: Festa da Castanha promove produtos endógenos

Na abertura oficial da 29ª edição da “Festa da Castanha”, em Sernancelhe, o autarca Carlos Santiago, realçou que a coesão territorial nos concelhos de baixa densidade, só é possível com o trabalho e a divulgação intermunicipal.

Com a união de esforços, Carlos Santigo diz que, só assim é possível garantir o desenvolvimento, estabilidade demográfica, coesão social e manter os serviços públicos às populações. A castanha de Sernancelhe, projeta o concelho no país e no mundo.

O autarca de Sernancelhe, Carlos Santiago diz que, os territórios devem-se preparar para os desafios impostos pelas alterações climáticas, e nesta matéria, o autarca deixa um recado ao governo, para que os fundos comunitários sejam destinados a quem deles mais precisa.

Carlos Santiago realça que, o desafio no setor primário nos territórios do interior continua a ser grande, em Sernancelhe a Festa da Castanha é um dos contributos para fortalecer as regiões de baixa densidade.

O Eurodeputado Álvaro Amaro, pediu ao Governo e à Comunidade Europeia mais apoio para a produção da castanha.

O Eurodeputado diz que, está na hora de os autarcas terem mais poderes, por exemplo, na promoção e divulgação dos produtos endógenos de cada região.

Armando Mateus, vereador da Cultura na Câmara de Sernancelhe, na edição de mais uma da Festa da Castanha, produto endógeno que movimenta mais de quatro milhões de euros, promove ao mesmo tempo o turismo, o comércio local, a hotelaria e a restauração.

A qualidade da castanha do concelho de Sernancelhe manteve-se este ano, a quantidade, em particular nas zonas mais elevadas teve uma quebra de cerca de 85% referiu à Alive Fm, Miguel Santos proprietário da Frusantos, empresa de comercialização da castanha, que já está no mercado há mais de 40 anos.

Rita Santos, fundadora da Frusantos, diz que a empresa agora entregue à geração mais nova, está atualmente no mercado nacional e internacional.

Na Festa da Castanha, a autarquia de Sernancelhe pretende também divulgar outros produtos endógenos, como é o caso do fálgaro da Tabosa, freguesia de Carregal, bolo que nasceu no interior do Convento de Nossa Senhora da Assunção.

Vítor Rebelo, presidente da freguesia do Carregal, referiu à Alive Fm, como surgiu este produto endógeno, atualmente muito procurado pelos turistas e que o autarca quer promover a nível nacional.

Fálgaro da Tabosa

Responsáveis políticos na abertura do certame “Festa da Castanha” em Sernancelhe, apelaram ao Governo e Comunidade Europeia mais apoios para os territórios de baixa densidade.     

Galeria de fotografias Alive Fm.

 

Pode ver também

Covid-19: Tondela com três jogadores infetados além do treinador Pako Ayestarán

Três jogadores do Tondela testaram positivo ao vírus SARS-CoV-2, depois de ter sido anunciado pelo …

Comente este artigo