Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Segunda temporada de curtas do ‘short/age’ leva a Viseu três argumentistas

Segunda temporada de curtas do ‘short/age’ leva a Viseu três argumentistas

O projeto ‘short/age’ apresenta a segunda temporada de curtas “Shortfilms for a New Age” que leva a Viseu três argumentistas para sessões/debates, curtas em competição e oito novos argumentos, disse hoje à agência Lusa um dos responsáveis. 

Neste novo ciclo, estão agendadas “três sessões de leitura e discussão de um argumento e, para isso, marcam presença em Viseu argumentistas para, após a leitura do argumento, conversar e discutir a sua criação e ideias”.

A primeira a marcar presença, adiantou à agência Lusa, é Mónica Santos, do Porto, e a sessão/debate acontecerá em 21 de outubro, uma sexta-feira, como todas as sessões, pelas 22:00, na incubadora do Centro Histórico de Viseu.

“Depois vamos ter duas extensões que são sessões de cinema, mas não são competição. São curtas premiadas em festivais, de Vila do Conde e de Lisboa, e assim é também uma forma desses festivais terem uma representação em Viseu”, defendeu.

À semelhança da primeira temporada, em 2021, continuou Luís Belo, o projeto tem a “componente ‘online’ onde serão publicados oito guiões ao longo dos meses até 2023, com o primeiro a ser lançado em outubro”.

“São novos argumentos, com algum tipo de ligação a Viseu. O primeiro a ser publicado é de Margarida Madeira que é uma realizadora que trabalha, sobretudo, com animação”.

Os restantes “vão sendo lançados e, cada um desses argumentos, tem uma ilustração feita por Filipe Santos, de Viseu, e será composta uma trilha sonora, também de um viseense, o compositor Leonardo Outeiro”, acrescentou.

“São trabalhos originais feitos especificamente para esses guiões que vão ser publicados e, tanto um como o outro, têm trabalhos incríveis e vão fazer a ilustração e a música para os oito argumentos”, contou.

Ao longo desta segunda temporada há “também 10 sessões de curtas em competição” e que resultam da “candidatura que foi aberta no ano passado e, ao todo, foram 311 as que chegaram” ao projeto ‘short age’, de 73 países diferentes.

“No final, vão receber o nosso troféu que é uma barra de sabão de carvão, de quilo e meio, ou seja, ainda é uma coisa grande, onde gravamos o nosso nome e esse é o troféu. É bonito, é sabão de carvão, é preto, e tem um impacto engraçado”, considerou.

A barra de sabão preto como troféu, explicou, é uma forma de “manter a parceria com a fábrica Só Sabão, com quem ao longo de uma série de anos o ‘short/age’ exibiu as curtas-metragens” e, por isso, “não é um troféu qualquer, é algo mais divertido e mais personalizado”.

O projeto, que vai para a 22.ª sessão, uma vez que sucedeu o ano passado ao Shortcutz Viseu depois de oito anos de exibições, começa nesta sexta-feira com “A Rapariga de Saturno”, de Gonçalo Almeida; “Fora da Bouça”, de Mário Veloso e “Life On The Move”, do realizador britânico Osbert Parker.

 

Pode ver também

José Rodrigues é o novo treinador do Ferreira de Aves – Razões e Objetivos

Depois da saída de Ricardo Duarte (Mangualde), do comando técnico do C.R. Ferreira de Aves, …

Comente este artigo