Home / Notícias / Santa Comba Dão repudia “possível encerramento” de urgências pediátricas em Viseu

Santa Comba Dão repudia “possível encerramento” de urgências pediátricas em Viseu

A Câmara Municipal de Santa Comba Dão aprovou, por unanimidade, uma moção de repúdio pelo “possível encerramento noturno” do serviço de urgências pediátricas do Centro Hospitalar Tondela-Viseu (CHTV).

Numa nota de imprensa enviada à agência Lusa, o presidente da comissão política de secção do PSD de Santa Comba Dão e líder da oposição, António José Correia, justificou a apresentação da moção com base “nas notícias que têm circulado nos meios de comunicação social”.

“São vários os pontos elencados nesta moção de repúdio que esta comissão política subscreve na íntegra, como o facto deste encerramento estar previsto aos fins [1]de semana e durante o período noturno”.

O que “obriga a que crianças e pais se desloquem a Coimbra e façam dezenas de quilómetros para serem atendidos”.

Apelou, por isso, ao conselho de administração do CHTV para que “encontre uma solução urgente que evite” o encerramento.

A moção diz que “o Estado deve ser o garante da resposta em termos de doença aos seus cidadãos” e “que essa resposta deve ser assegurada, com recursos próprios ou de terceiros, 24h por dia, 365 dias por ano”.

Realça também que “os serviços de urgências devem ser expoente máximo dessa resposta, atuando com prontidão e rapidez necessárias” e que “o serviço de Urgências Pediátrico, em particular, pela sua sensibilidade específica, deve ser o exemplo máximo dessa prontidão e rapidez”.

A moção apresentada pela oposição social-democrata foi aprovada por unanimidade na reunião da Câmara que é liderada pelo socialista Leonel Gouveia, cujo partido conquistou quatro mandatos.

 

Pode ver também

Homem de 74 anos morre em acidente com trator

Na manhã desta sexta-feira, 19 de abril, o acidente com um trator provocou a morte …

Comente este artigo