Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / “Rodas Ativas” nas escolas do concelho de Viseu para melhorar saúde de mais de 3 mil crianças

“Rodas Ativas” nas escolas do concelho de Viseu para melhorar saúde de mais de 3 mil crianças

Esta Ferramenta de promoção da atividade física “made in” Viseu nasce no âmbito do projeto ESCOLA ATIVA e visa auxiliar professores na realização de “Pausas Ativas” 

Chama-se “Roda Ativa” e é um projeto made in Viseu, da responsabilidade da Divisão de Desporto, Saúde e Juventude da Câmara Municipal, no âmbito do programa municipal CRESCER ATIVO – projeto ESCOLA ATIVA. “Mais uma vez, Viseu distingue-se na implementação de boas práticas que promovem a saúde e o bem-estar junto dos mais jovens”, afirma Conceição Azevedo, Presidente da autarquia viseense. 

Criada durante o último período de confinamento (janeiro a março de 2021), a “Roda Ativa” está a ser distribuída, a partir desta semana, nas escolas dos vários agrupamentos que integram o projeto. No total, são 100 os equipamentos a serem distribuídos.

A Presidente da Câmara, que se confessou “muito curiosa” para ver como tudo funcionava, teve oportunidade de assistir a uma demonstração da nova ferramenta, numa deslocação realizada hoje à Escola Básica Aquilino Ribeiro. 

A ferramenta foi criada para auxiliar os professores na realização de “Pausas Ativas” e dirige-se às comunidades escolares dos Jardins de Infância e 1º ciclo do ensino básico do concelho.

“As ‘Pausas Ativas’ apresentam-se como uma estratégia que potencia um ambiente ativo na comunidade escolar, possibilitando trabalhar o movimento para quebrar a rotina da aula, dando às crianças um intervalo divertido, com o objetivo de despertar o corpo e revigorá-las”, explica Ermelinda Afonso, Vereadora do Desporto, Saúde e Juventude. 

Segundo a Organização Mundial de Saúde, os níveis de inatividade física da população, associados ao aumento dos comportamentos sedentários, constituem o 4º fator de risco de mortalidade a nível mundial.

“As crianças e os adolescentes não devem passar mais de 2 horas por dia em atividades realizadas na posição deitada ou sentada, já que correm o risco de ver afetados negativamente parâmetros de saúde, dieta, aptidão física e desempenho cognitivo”, salienta Ermelinda Afonso. 

“A ‘Roda Ativa’, que se integra no projeto municipal ESCOLA ATIVA, pretende exatamente reduzir comportamentos sedentários e criar na comunidade escolar ambientes mais positivos, mais saudáveis e potenciadores do sucesso escolar”, acrescenta ainda.

Recorde-se que o ESCOLA ATIVA é um projeto de promoção para a atividade física criado em 2019, pelo Município de Viseu. Este ano letivo, envolve mais de 3 mil crianças do concelho, de 171 turmas, dos Agrupamentos de Escolas Infante D. Henrique, Viso, Grão Vasco e Mundão, para além de algumas instituições privadas.

 

Pode ver também

Inclusão social é uma das prioridades da região Viseu Dão Lafões – autarca

A Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões vai, na estratégia para o próximo quadro financeiro …

Comente este artigo