Home / Notícias / Região de Viseu Dão Lafões lança concurso nacional de ideias de negócio

Região de Viseu Dão Lafões lança concurso nacional de ideias de negócio

A Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões apresentou um concurso nacional de ideias de negócio que, para além de prémios monetários para os primeiros lugares, permite que os candidatos contem com apoio logístico para desenvolverem o negócio na região.

“Este concurso é aberto a qualquer pessoa, empregado ou desempregado, ou em equipa e de qualquer região do país, sendo que o negócio terá de ser concretizado na nossa região”, adiantou o secretário executivo da CIM Viseu Dão Lafões.

Nuno Martinho anunciou que a submissão das ideias deve ser feita até 30 de junho e revelou que os candidatos “poderão participar no Hackaton Viseu Dão Lafões, em setembro, um encontro de três dias de onde sairão as três melhores das 15 que vão à final”.

As três melhores ganham prémios monetários de três mil euros, 1.000 e 500 euros, além de todo o apoio logístico e de mentoria.

“Esse apoio em qualquer uma das incubadoras da região da CIM e a mentoria com consultores dos nossos parceiros não se destina só às três melhores. Havendo vontade e viabilidade do projeto, acompanhamos e damos apoio para que a ideia cresça e se possa desenvolver”, assegurou.

O secretário executivo disse ainda que serão “valorizadas algumas áreas de negócio” e, a título de exemplo, indicou a “agroalimentar, a valorização económica dos recursos endógenos da região, as tradições e cultura e áreas ligadas à economia circular”.

Este concurso é o primeiro que a CIM lança dentro do projeto apresentado em fevereiro de “mais e melhor empreendedorismo” que dá pelo nome de “Wanted – promoção do espírito empresarial” e que vai criar uma rede de incubadoras na região.

“As ideias que se candidatarem, já com os projetos mais desenvolvidos, poderão também vir a ter um canal aberto para se candidatarem a fundos comunitários através do programa PT2030”, acrescentou Nuno Martinho.

O presidente da CIM Viseu Dão Lafões, Fernando Ruas, destacou a importância do concurso, “pela incrementação no empreendedorismo”, como pelo “apoio a novos negócios e pelo desenvolvimento económico que isso provoca” na região.

“Se o empreendedorismo vier de pessoas de fora da região, naturalmente seria bom, porque aumentávamos o empreendedorismo, mas também a demografia e, talvez, a multiculturalidade, portanto, seria só ganhar”, defendeu Fernando Ruas.

No entanto, acrescentou o também presidente da Câmara de Viseu, “se o concurso contar só com candidaturas locais e com isso aumentar o empreendedorismo na região os objetivos já ficam bem cumpridos”.

Entre os parceiros do projeto que lança agora este concurso estão a Associação Empresarial da Região de Viseu (AIRV), o Instituto Politécnico de Viseu (IPV) e a Associação Nacional de Jovens Empresários (ANJE).

Lusa

 

Pode ver também

“PALÁCIO DO GELO FASHION SHOW 2024”

Viseu, 22 de abril de 2024 – O Palácio do Gelo Shopping, em Viseu, celebrou …

Comente este artigo