Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / PSP e GNR reivindicam este domingo em Viseu um suplemento de risco digno

PSP e GNR reivindicam este domingo em Viseu um suplemento de risco digno

A PSP e a GNR protestam no domingo no final da Volta a Portugal, em Viseu, contra o valor fixado pelo Governo para o suplemento de risco, abaixo da proposta do setor.

“A direção das ASPP [Associação Sindical dos Profissionais de Polícia], em conjunto com a direção da APG [Associação dos Profissionais da Guarda], decidiram continuar a luta para que se chegue a um valor digno relativamente ao subsídio de risco. Por isso, vamos levar avante a nossa luta e vamos marcar presença na etapa final da Volta a Portugal em bicicleta, que decorrerá amanhã [domingo], na cidade de Viseu”, afirmou, em declarações à Lusa, o secretário nacional da ASPP/PSP, Cristiano Correia.

Em causa, está o suplemento de risco, cujo valor foi fixado pelo Governo em 68,96 euros, abaixo da proposta do setor. .

Os profissionais da PSP e GNR propuseram um máximo que ronda os 400 euros, atingido de forma progressiva, nomeadamente, 200 euros no primeiro ano de subsídio, 300 euros no segundo e, posteriormente, os quase 400 euros.

Conforme apontou Cristiano Correia, o executivo fixou este valor, tendo em conta que o setor já é abrangido por outros suplementos.

“Nós fomos contra. Entendemos que a questão do risco e da sua compensação deveria ser feita de uma forma isolada de outros suplementos. O valor é manifestamente diminuto face ao valor que os profissionais merecem”, considerou o secretário nacional da ASPP/PSP. .

As duas associações prosseguem agora os encontros com os grupos parlamentares, tendo em vista aumentar o valor apresentado ou compensá-lo no âmbito da negociação das tabelas salariais da função pública e carreiras especiais, tendo já outras ações programadas.

“Estamos predispostos a continuar com as ações de luta. Temos já para breve agendada outra iniciativa. Os policias estão predispostos a lutar pela melhoria destes valores”, concluiu, sem avançar a data do próximo protesto. .

Hoje corre-se a última etapa em linha da Volta a Portugal, antes do contrarrelógio final em Viseu, com uma ligação entre Boticas e Mondim de Basto, com a meta a estar instalada no alto da Senhora da Graça, uma contagem de montanha de primeira categoria.

 

Pode ver também

Festival Outono Quente, de Viseu, privilegia artistas locais e nacionais

Duas companhias internacionais, 14 nacionais e 17 locais, num total de 80 artistas, animam de …

Comente este artigo