Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / PS Viseu discorda de obra de cobertura do Mercado 2 de maio orçada em 3 milhões de euros

PS Viseu discorda de obra de cobertura do Mercado 2 de maio orçada em 3 milhões de euros

A cobertura do Mercado 2 de Maio, no centro histórico da cidade de Viseu, vai custar 3,1 milhões de euros.

O projeto de cobertura integral da praça apresenta uma inovadora solução de produção e aproveitamento de energia elétrica que, além de permitir uma maior eficiência térmica do espaço, representa também uma mais-valia ambiental, energética e financeira, não apenas para o projeto, mas também para os edifícios vizinhos, propriedade municipal e futura sede das Águas de Viseu e Paços do Concelho.

Os vereadores do PS na câmara de Viseu, estão contra esta obra, no entender de Lúcia Silva, o investimento de mais de 3 milhões de euros, não vão revitalizar o centro histórico da cidade.

A vereadora do PS na câmara de Viseu, diz ainda não haver justificação de um investimento de 3 milhões de euros no Mercado 2 de Maio, quando, por exemplo a Rua Direita está a cada dia mais desertificada com a maioria das lojas encerradas.

Lúcia Silva, diz que o centro histórico de Viseu está abandonado e a reabilitação do Mercado 2 de Maio não vai resolver um problema que já se verifica há vários anos.

O projeto de reabilitação do Mercado 2 de Maio no centro da cidade de Viseu, prevê infraestruturas à realização de eventos e espetáculos.

Para o autarca de Viseu, Almeida Henriques, o Centro Histórico vai ter um centro comercial a céu aberto, utilizável durante todo o ano, independentemente das condições climatéricas.

O projeto teve ainda a preocupação de não interferir com o edificado existente.

Na plataforma superior do Mercado 2 de Maio manter-se-á um palco de apoio a concertos e outros espetáculos, enquanto no piso intermédio funcionará uma zona de restauração.

 

Pode ver também

Câmara de Cinfães apoiou mais de 40 empresas que representam 60 postos de trabalho

A Câmara de Cinfães aprovou os primeiros apoios destinados às empresas do Concelho, no âmbito …

Comente este artigo