Home / Notícias / Projeto melhora higiene oral e combate obesidade em crianças de Viseu Dão Lafões

Projeto melhora higiene oral e combate obesidade em crianças de Viseu Dão Lafões

O projeto ‘Comer Bem, Sorrir Melhor’, iniciativa de inovação social, permitiu corrigir problemas de higiene oral e de obesidade identificados nas crianças dos 6 aos 10 anos, matriculadas nas escolas públicas da Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões, investidor social desta iniciativa. Numa parceria da Ordem dos Médicos Dentistas com a Ordem dos Nutricionistas, foram observados 4887 alunos, tendo sido realizadas 11 221 consultas: 5851 de Medicina Dentária e 5370 de Nutrição. Os resultados foram apresentados esta segunda-feira (dia 29), na Casa do Adro, em Viseu.

Resultado de uma intervenção precoce junto das crianças e com uma forte orientação para melhorar a literacia em saúde dos respetivos agregados familiares, foi possível constatar uma evolução muito positiva dos hábitos de higiene oral e alimentares.

Uma das conclusões mais relevantes do estudo é que 73,3 por cento das crianças observadas, com risco moderado de desenvolverem cárie dentária, melhoraram os comportamentos alimentares e de higiene oral evoluindo para risco baixo. Na avaliação nutricional, 51,5 por cento das crianças diagnosticadas com obesidade diminuíram o seu Índice de Massa Corporal (IMC) para pré-obesidade.

“Este projeto demonstra que atuar em alunos do 1º ciclo traz ganhos muito positivos no imediato, mas também numa perspetiva futura, pois estamos a aumentar a literacia em saúde destas crianças”, afirma Miguel Pavão, bastonário da Ordem dos Médicos Dentistas, sublinhando a importância dos bons hábitos de higiene oral e do acompanhamento médico dentário desde cedo: “A prevenção permite evitar casos que necessitem de tratamentos mais complexos”.

Por sua vez, Maria Llanes, coordenadora do projeto ‘Comer Bem, Sorrir Melhor’, destaca um dos indicadores mais animadores de toda a ação. “Foi possível reverter as lesões iniciais de cárie, caracterizadas por manchas brancas de desmineralização, em 73,5 por cento das crianças, com a simples mudança de hábitos de higiene oral e alimentação e concentrações mais elevadas de flúor. Estas crianças não necessitaram de tratamentos invasivos, melhoraram o conhecimento sobre saúde oral e acabam por influenciar positivamente os respetivos agregados familiares”, realça.

O presidente da CIM Viseu Dão Lafões, Fernando Ruas, elogia os resultados alcançados pelo projeto ‘Comer Bem, Sorrir Melhor’. “Estamos extremamente satisfeitos com os resultados positivos alcançados por esta iniciativa, que demonstra o compromisso da nossa comunidade em promover hábitos saudáveis desde tenra idade”, destaca Fernando Ruas. “Os números revelam uma notável transformação nas condições de saúde das crianças participantes. É um exemplo claro de como podemos criar impacto duradouro ao enfrentar desafios de saúde pública, especialmente no que diz respeito à cárie dentária e à obesidade infantil”, acrescenta.

O Secretário Executivo da CIM Viseu Dão Lafões, Nuno Martinho, salienta: “A CIM tem promovido junto da comunidade escolar diversas iniciativas no âmbito das literacias, nomeadamente da literacia ambiental à literacia financeira, sem esquecer as ciências. Com este projeto, tivemos a oportunidade de abordar as questões da saúde oral e da alimentação. O nosso objetivo é que todas estas iniciativas tenham um impacto positivo na vida dos alunos e das suas famílias”.

O projeto desenrolou-se entre maio de 2022 e maio de 2023, nas escolas públicas da Comunidade Intermunicipal de Viseu Dão Lafões. Na primeira fase foram observados 4887 alunos e realizadas 9734 consultas, sendo 4864 de Medicina Dentária e 4870 de Nutrição. Para a segunda fase transitaram 1309 alunos, identificados com risco moderado, alto e extremo para a cárie dentária e os diagnosticados com obesidade. Deste grupo resultaram 1487 consultas, sendo 987 de Medicina Dentária e 500 de Nutrição. Em quase metade das crianças foram identificadas cáries (43,7%) e excesso de peso (44,5%). A análise dos dados foi realizada em parceria com a Universidade Católica Portuguesa. Através do parceiro Colgate foram distribuídos 6202 kits de Higiene Oral, contendo pasta de dentes, escova e colutório.

 

Pode ver também

II Passeio TT “Terras do Demo” saiu para a estrada com 85 jipes

Foram 30 quilómetros cheios de adrenalina pura. O II Passeio TT “Terras do Demo” realizou-se …

Comente este artigo