Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Presidente da Federação dos Bombeiros do distrito de Viseu, está entre os membros que se demitiram do órgão consultivo da Liga
Jaime Marta Soares, presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses

Presidente da Federação dos Bombeiros do distrito de Viseu, está entre os membros que se demitiram do órgão consultivo da Liga

Treze dos 20 membros do conselho nacional operacional da Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP) demitiram-se, alegando “falta de diálogo” da direção em assuntos operacionais, como a vacinação contra a covid-19, avançou hoje à Lusa fonte daquele órgão consultivo.

A demissão dos 13 membros do conselho nacional operacional da LBP, órgão consultivo da Liga e constituído por um representante de cada federação distrital dos bombeiros, está relacionado com “a falta de diálogo e auscultação” por parte da direção da LBP.

No entanto, o presidente da LBP, Jaime Marta Soares, recusou esta falta de diálogo e sustentou que a Liga não fica mais fragilizada com estas demissões, uma vez que esta estrutura é de aconselhamento e os seus órgãos são eleitos pelas federações.

O presidente da Federação dos Bombeiros do Distrito de Lisboa, António Carvalho, disse à Lusa que os conselheiros daquele órgão consultivo pediram reuniões à direção da LBP para tratar de “assunto operacionais”, designadamente vacinação dos bombeiros contra a covid-19, equipamento de proteção individual e próxima época de incêndios florestais, mas não foi obtida qualquer resposta.

Segundo o mesmo responsável, os 13 membros do conselho nacional operacional da Liga dos Bombeiros Portugueses que pediram a demissão foram os representantes das federações de Beja, Bragança, Castelo Branco, Coimbra, Leiria, Lisboa, Portalegre, Santarém, Setúbal, Vila Real, Viseu, Viana do Castelo e Região Autónoma da Madeira.

A última vez que o conselho nacional operacional esteve reunido com a LBP foi em 13 de novembro.

Contactado pela Lusa, o presidente da LBP lamentou as demissões, mas garantiu que apenas chegou à direção um pedido de reunião para “discutir questões de estratégia operacional dos bombeiros portugueses” e que os conselheiros “nem deram tempo para uma resposta”.

Jaime Marta Soares disse que este órgão consultivo, que “não tem qualquer competência vinculativa e deliberativa”, costuma reunir-se com a direção da liga na véspera do conselho nacional da LBP.

Cerca de 15.000 bombeiros vão começar esta semana a ser vacinados contra a covid-19.

 

Pode ver também

Jovens coreógrafos de Portugal, Itália, Alemanha e Croácia em festival em Viseu

Jovens coreógrafos de Portugal, Itália, Alemanha e Croácia participam em novembro, em Viseu, num festival …

Comente este artigo