Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Presença Pioneira da CIM Viseu Dão Lafões na BTL, inaugurada enquanto exemplo de maturidade

Presença Pioneira da CIM Viseu Dão Lafões na BTL, inaugurada enquanto exemplo de maturidade

A presença pioneira da Comunidade Intermunicipal Viseu Dão Lafões na BTL – Bolsa de Turismo de Lisboa, num único stand com mais de 200 m2 e 50 horas de programação, até domingo, foi na quarta-feira oficialmente inaugurada, com a Ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, a marcar presença e a destacar o exemplo de “maturidade” desta iniciativa dos 14 municípios que compõem a Comunidade Intermunicipal da região. “Parabéns por estarem aqui em conjunto; parabéns por estarem unidos nos investimentos estruturantes para o território.”, afirmou.

A tónica deste discurso estendeu-se ao de outras individualidades presentes, desde logo, Fernando Ruas, presidente da CIM Viseu Dão Lafões, bem como de Pedro Machado, Presidente do Turismo Centro de Portugal, e de Isabel Damasceno, presidente da CCDR Centro. Na plateia estavam os autarcas de todos os municípios representados na CIM, bem como a Diretora Regional de Cultura do Centro, Susana Menezes, e Nuno Martinho, Secretário Executivo da CIM Viseu Dão Lafões, entre outros.

“Podemos convidar as pessoas e ficar de consciência tranquila com o que aqui apresentamos. No conjunto, fazemos uma região fortíssima”, afirmou Fernando Ruas, destacando as apostas no Turismo de Natureza e Cultura, e lançando à administração central o desafio dos “investimentos que complementem o trabalho fantástico que a região tem feito”. Pedro Machado, de seguida, reforçou o “profissionalismo” demonstrado com esta presença da CIM.

A Comunidade Intermunicipal Viseu Dão Lafões viajou até à capital para dar a conhecer, numa participação pioneira, os grandes atributos da região de Viseu, naquela que é a primeira presença una e integrada dos seus 14 municípios na BTL – Bolsa de Turismo de Lisboa, através de um inédito stand próprio e todo um programa de atividades associado.

Até 20 de março, na FIL – Feira Internacional de Lisboa, um só stand será palco de dezenas de momentos de animação musical, degustação de sabores regionais e provas de vinhos do Dão, apresentação de produtos autênticos, eventos e propostas culturais e de património. Tudo com um selo de excelência: Viseu Dão Lafões.

Esta participação inédita contempla o best of de atributos da região de Viseu Dão Lafões: um destino com propostas à medida dos amantes do universo mais zen mas também dos amantes da adrenalina e aventura. Viseu Dão Lafões irá apresentar-se como a região do país onde, sem a confusão das grandes cidades, é possível viajar em busca da adrenalina e agitação, mas também encontrar o lugar perfeito para um retiro.

Turismo de natureza; gastronomia e vinhos; cultura e património e saúde e bem-estar serão os eixos de ativação e comunicação desta presença pioneira na BTL, no pavilhão 2.

CUCA ROSETA, DIOGO ROCHA E… MARCELO REBELO DE SOUSA.

Entre a variadíssima programação oferecida pelos diferentes municípios, com um grande enfoque na Gastronomia, ou na apresentação da Feira de São de Mateus, por exemplo, a quarta-feira ficou marcada pela presença do chef Diogo Rocha e de Cuca Roseta.

“Foi o momento alto da BTL. Vamos guardar este momento para sempre. Obrigado!”. Diogo Rocha, chef do restaurante (Estrela Michelin) Mesa de Lemos, agradeceu assim a presença da fadista em pleno stand da CIM Viseu Dão Lafões. Desafiada a acompanhar o chef num showcooking, em que prepararam uma tradicional patanisca de bacalhau com legumes, a fadista improvisou e surpreendeu, no final, com um emocionante excerto do tema “Finalmente”. A plateia aplaudiu efusivamente. Tinha razão o Presidente da República, Marcelo Rebelo Sousa, quando uns minutos antes irrompeu pelo espaço e saudou a artista. “Parabéns, esta região escolheu a embaixadora ideal!”

O desafio do primeiro dia de BTL era simples. Cuca Roseta iria acompanhar Diogo Rocha na preparação de uma tradicional receita de patanisca de bacalhau com legumes. No fundo, a experiência era um simbólico regresso a Viseu, já que Cuca Roseta atuou no passado na Feira de São Mateus e é uma apreciadora da Gastronomia da região. Entre muito boa disposição, as pataniscas saíram e serviram-se harmonizadas com os emblemáticos vinhos da Quinta de Lemos. “Conheces, Cuca?”. E ali ficou o desafio para uma nova visita.

 

Pode ver também

Autarquia de Santa Comba Dão atribui mais de 120 mil euros a associações

A Câmara de Santa Comba Dão vai apoiar este ano vinte associações com expressão concelhia …

Comente este artigo