Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Politécnico de Viseu recebe meio milhão de euros para projeto de Ensino a Distância

Politécnico de Viseu recebe meio milhão de euros para projeto de Ensino a Distância

Com o Projeto EaD@PV – Plataforma Integrada de Ensino a Distância, o Politécnico de Viseu vai desenvolver e implementar uma solução tecnológica de ensino a distância que vai permitir a oferta de cursos no âmbito da Rede PEPER, em contexto de internacionalização e no apoio a estudantes com necessidades específicas.

O Politécnico de Viseu (PV) obteve aprovação e financiamento para a candidatura ao Sistema de Apoio à Modernização e Capacitação da Administração Pública (SAMA 2020) do Projeto EaD@PV – Plataforma Integrada de Ensino a Distância.

Perante a suspensão das atividades presenciais devido ao Covid-19, os docentes foram forçados a adaptar as condições de ensino aprendizagem sem que se tenha realizado uma transferência efectiva de práticas para o ensino a distância. Com o projeto EaD@PV, o Politécnico de Viseu vai desenvolver e implementar uma solução tecnológica de ensino a distância que vai permitir a disseminação da oferta formativa não presencial da instituição, e dinamizar e incrementar a adoção de cursos na modalidade de Ensino a Distância.

Com EaD@PV será possível operacionalizar recursos produzidos pelo PV em acesso livre, dirigir-se a públicos específicos (estudantes nacionais e estrangeiros, estudantes com necessidades específicas, investigadores e organizações, públicas ou privadas, de diferentes âmbitos de atuação) com um conjunto amplo de materiais formativos e uniformizar os procedimentos necessários à sua disseminação com elevada qualidade.

Facilitar o uso de ferramentas de recolha e tratamento de informação qualitativa e quantitativa, desenhar conteúdos formativos inovadores e/ou adaptar os já existentes a metodologias ativas de ensino-aprendizagem e facilitar a comunicação e interação entre os diferentes intervenientes são outros dos resultados esperados.

Ligação à comunidade, internacionalização e apoio a estudantes

A Plataforma Integrada de Ensino a Distância vai ainda capacitar o PV de forma a melhorar o serviço online de gestão de aprendizagens (LMS) e de conteúdos (CMS) que disponibiliza aos agrupamentos de escolas básicas e secundárias e às duas entidades de formação de professores localizadas no distrito de Viseu. Dessa articulação do PV com o meio envolvente faz parte a Rede Regional PEPER – Promoção do Ensino Profissional em Rede – criada pelo Politécnico de Viseu e pelo Instituto Piaget, e que integra 34 instituições de ensino de 19 concelhos e Comunidades Intermunicipais (CIM) de Viseu Dão Lafões e do Douro.

A Rede PEPER pretende maior articulação entre os diversos agentes/entidades de educação/formação, com o objetivo de articular e construir percursos formativos que permitam alinhar os cursos profissionais de nível 4 aos Cursos Técnicos Superiores Profissionais (CTeSP), licenciaturas e mestrados, garantindo aos alunos desses cursos o prosseguimento de estudos e o aumento do número de alunos no ensino superior proveniente dos cursos profissionais.

A divulgação da oferta formativa de nível superior, em complementaridade com a oferta formativa de nível 4, será mais efetiva, no sentido de capacitar os jovens, jovens adultos e desempregados, das oportunidades de prosseguimento de estudos, contrariando, assim, a desertificação do interior, contribuindo para a fixação de jovens na região, com competências técnicas e dinâmicas empreendedoras capazes de corresponder às suas necessidades de desenvolvimento.

Nesse âmbito, a oferta de cursos em modalidade EaD destinados aos alunos e professores das escolas de ensino profissional da rede, além de contribuir para a sua formação, potencia a relação desses alunos com o PV, apoiando a sua decisão de prosseguimento de estudos. 

A oferta formativa online vai contribuir ainda, de forma significativa, para ampliar possibilidades de internacionalização do PV, sobretudo na oferta formativa em associação com IES de outros países de língua portuguesa.

Um terceiro eixo relevante para o PV é o ensino a distância com objetivo de apoiar alunos com necessidades educativas específicas.

O Grupo de Missão do PV identificou em 2019/2020 43 alunos sinalizados com situações diversas (deficiência auditiva, doença crónica, deficiência motora, deficiência visual, paralisia cerebral, dislexia, incapacidade permanente, etc.) que requerem respostas apoiadas pelo ensino a distância, nomeadamente, gravação áudio e vídeo de aulas com conteúdos programáticos de unidades curriculares de cursos ministrados no PV, cursos de curta duração e cursos de especialização, criação de horários para esclarecimento de dúvidas e aulas tutoriais em tempo real e formação (a definir o modo de operacionalização) para docentes visando a interação destes com alunos com necessidades educativas específicas, em contexto de aula e apoio individual em gabinete.

 

Pode ver também

Carros Da Candidata CDU – V.N.Paiva Foram Vandalizados

Na madrugada de terça-feira, 3 de agosto, os carros de Carolina Schut Brandsema, candidata CDU …

Comente este artigo