Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Nelas recebe investimentos superiores a 10 milhões de euros para saúde e educação

Nelas recebe investimentos superiores a 10 milhões de euros para saúde e educação

O município de Nelas vai receber investimentos superiores a 10 milhões de euros em Saúde e Educação, disse hoje o presidente da Câmara.

“Estamos a falar de um investimento de 10 a 11 milhões de euros nas quatro infraestruturas e a Câmara de Nelas terá de suportar do seu orçamento municipal entre um, a um milhão e meio de euros, mas é uma oportunidade histórica nas principais infraestruturas da área da saúde e educação”, defendeu José Borges da Silva.

Está em causa as requalificações dos centros de saúde de Nelas e de Canas de Senhorim, edifícios da década de 70 do século XX, e as escolas secundárias das mesmas localidades, que remontam aos anos 80 do mesmo século.

“Dos contactos que tenho tido com os Ministérios da Educação e da Saúde, o município de Nelas tem a garantia do financiamento para as obras de requalificação e modernização da Escola Secundária de Nelas, um investimento de cerca de quatro milhões, e a de Canas de Senhorim, prevista em três milhões”.

“Vai havendo obras de manutenção, mas as infraestruturas não correspondem à modernidade do ponto de vista de eficiência energética, da informática, da comodidade e da modernidade. Após estas obras, ficaremos com escolas para os próximos 30, 40 anos”, considerou.

Na área da saúde, as requalificações também recaem sobre Nelas e Canas de Senhorim, onde “os centros de saúde são ainda mais velhos do que as escolas e aí é mesmo preciso intervir a vários níveis, como o aquecimento, telhados e informática”.

“A Câmara tem dado todo o apoio em várias coisas, porque é para benefício dos munícipes, mas para estas grandes requalificações tínhamos de contar com financiamento e aproveitámos agora, antes de passarem para a orla da gestão municipal, obrigatoriamente em abril de 2022”, disse, lembrando que a autarquia não tinha aceitado a transferência de competências.

Neste sentido, defendeu que “é uma oportunidade de ouro aproveitar estes fundos comunitários que comparticipam em 85% as obras e no caso das escolas pode ser protocolado com que dos outros 15% sejam suportados em 7,5% pelo Ministério da Educação”.

José Borges da Silva adiantou que há outras obras em curso, nomeadamente em Santar, onde arranca esta semana a construção do Centro de Artes de Vinho e do Espaço em Santar, uma obra da Câmara, que “tinha um projeto inicial de 1,5 ME, mas como no concurso ficou deserto, foi reprogramado o projeto”.

“Esta obra acompanha um investimento grande privado que está a acontecer em Santar no âmbito do turismo e, por isso, tem o apoio de 400 mil euros do Turismo de Portugal, sendo que o projeto custa à volta de 1 milhão, mas a construção civil custa à volta de 800 mil” euros, especificou.

Para maio estão agendadas duas requalificações: o Mercado Municipal de Nelas, no valor de 460 mil euros, e a requalificação da Avenida João XXIII, de 770 mil euros, obras no âmbito do Programa de Ação de Reabilitação Urbana (PARU) do Centro 2020.

 

Pode ver também

Aeródromo de Viseu: instalação de valências do “Centro de Emergência e Proteção Civil”

Foi assinadono Quartel dos Bombeiros Sapadores de Viseu, instalado no Aeródromo Municipal, o protocolo de …

Comente este artigo