Home / Notícias / Desporto / Moimenta da Beira: Kiko Bondoso no ‘Melhor Onze do Ano’

Moimenta da Beira: Kiko Bondoso no ‘Melhor Onze do Ano’

Astro do futebol, estrela do Vizela, Kiko Bondoso, natural de Moimenta da Beira, foi eleito pelo jornal diário desportivo ‘Record’ para o “Melhor Onze do Ano”, e pela publicação on-line escrita e produzida por jornalistas desportivos ‘zerozero’ para o “Onze do Ano”.

Na escolha do ‘Record’, Kiko é único jogador que não pertence aos 4 grandes (Porto, Benfica, Sporting e Braga). Natural de Moimenta da Beira, onde jogou e fez toda a formação de base no CDR, Francisco (Kiko) Bondoso, 27 anos, passou também pelo Ferreira de Aves e Lusitano de Vildemoinhos. Atualmente é avançado do Vizela.

“Parabéns! Esta escolha feita por quem sabe de futebol, é justíssima. É um orgulho para todos nós. Tanto mais que se trata de um moimentense de corpo e alma. O Kiko é um jogador ‘made in Moimenta da Beira’, e é um ativo em qualquer clube de futebol. Estou muito feliz!”, testemunha o Presidente da Câmara Municipal, Paulo Figueiredo.

Na véspera do jogo frente ao Sporting, que teve lugar na última sexta-feira, 26 de maio, recordamos aqui o que escreveu o jornal ‘A Bola’: “A carreira de Kiko Bondoso no Vizela tem sido marcada por diversas singularidades. O criativo acompanhou o clube na ascensão do Campeonato de Portugal até à Liga, o que é sempre algo magnífico na carreira de um jogador, mas nem será essa feliz circunstância que o distingue. O maior feito do número 10 consuma talvez a fidelidade a uma equipa e representa também o derradeiro teste à capacidade de resistência de um futebolista.

Se defrontar amanhã o Sporting (o que aconteceu), Kiko Bondoso vai completar dois campeonatos consecutivos a jogar pelo Vizela, algo equivalente a 68 partidas em série na Liga. Fechar uma época inteira a jogar tem que se lhe diga, mas completar dois anos seguidos não é normal, é até estrondoso. Nem mesmo na carreira de um guarda-redes, o posto mais recetivo à longevidade, se assiste a algo idêntico.

Vlachodimos, por exemplo, apresenta 65 jogos nestas duas temporadas mas sem conteúdo consecutivo, e Diogo Costa exibe igualmente 65 jogos para a Liga em dois anos mas falta-lhe também a sequência. E não deixa de ser curioso o timing desta enxurrada de encontros que Kiko Bondoso vai cumprir. A série de partidas seguidas teve início frente ao Sporting, a 6 de agosto de 2021, e finaliza precisamente com os leões na despedida de mais uma temporada…”.

 

Pode ver também

Vila Nova de Paiva: Município entregou 14 incentivos à natalidade

O Município de Vila Nova de Paiva continua a apoiar as famílias “Paivenses”, ao abrigo …

Comente este artigo