Home / Notícias / ACERT Tondela: Digressão do espetáculo “A Passarola” em Lanzarote cancelada

ACERT Tondela: Digressão do espetáculo “A Passarola” em Lanzarote cancelada

A digressão do espetáculo “A Passarola” na ilha de Lanzarote, no arquipélago espanhol das Canárias, foi cancelada, lamentou hoje a direção da Associação Cultural e Recreativa de Tondela (ACERT).

“Com alguma pena da ACERT, até angústia, não vai acontecer a digressão de ‘A Passarola’ em Lanzarote. Foi cancelada pelo Cabildo de Lanzarote [estrutura política de governo local]”, anunciou hoje José Rui Martins aos jornalistas.

O Trigo Limpo – Teatro ACERT contava marcar presença na ilha com o espetáculo “A Passarola”, inspirado na obra “Memorial do Convento”, de José Saramago, a propósito do centenário do nascimento do escritor, mas a decisão do Cabildo de Lanzarote alterou os planos.

“Deixa-nos uma mágoa muito grande na medida em que, exatamente hoje, deveria a estar a passarola a passar de barco para Lanzarote e, depois de amanhã, ia já a equipa para fazer o espetáculo”, contou.

José Rui Martins não avançou o motivo do cancelamento: “as razões invocadas pelo cabildo naturalmente são, para já, internas”.

Segundo o responsável, a ACERT está “num processo de diálogo que tem a ver com tudo o que isso envolveu do ponto de vista de preparação, nomeadamente os atores fixarem o texto em espanhol”.

“Estava tudo preparado para que acontecesse” o espetáculo, frisou.

Na conferência de imprensa de apresentação da programação da ACERT, realizada no dia 19 de abril, tinham sido anunciadas duas apresentações do espetáculo, em dois locais diferentes da ilha: em Arrecife (10 de junho) e Varadero de Puerto del Cármen (dia 17).

José Saramago – até à data o único português Nobel da Literatura (1998) – nasceu em 16 de novembro de 1922, em Azinhaga, Golegã, distrito de Santarém, e em 1993 mudou-se para Tias, em Lanzarote, onde viveu até morrer, em 2010, com 87 anos.

Estava previsto que o espetáculo tivesse 39 pessoas locais a participar e que os atores falassem em espanhol.

Além dos 39 participantes locais, iriam partir de Tondela nove atores, cinco músicos, três técnicos e mais algum apoio de produção, num total de perto de 20 pessoas, que ficariam fora 20 dias.

 

Pode ver também

CENTRO HISTÓRICO DE SERNANCELHE RECEBE, DE 11 A 13 DE JULHO, O SER+CULTURA

Sernancelhe organiza, de 11 a 13 de julho, a edição de 2024 do festival de …

Comente este artigo