Home / Notícias / Ministro do Ambiente visitou Tondela e passou por empresas ligadas ao setor

Ministro do Ambiente visitou Tondela e passou por empresas ligadas ao setor

O ministro do Ambiente e da Ação Climática, Duarte Cordeiro, esteve esta sexta-feira (15 de setembro), no concelho de Tondela onde passou por duas empresas e pela Associação de Municípios da Região do Planalto Beirão.

A deslocação aconteceu no âmbito da 29ª edição da Feira Industrial e Comercial de Tondela (FICTON), a mais importante mostra das potencialidades económicas, empresariais e industriais do município tondelense.

A visita do governante foi acompanhada pela presidente da Câmara, Carla Antunes Borges, e pelos vereadores Vera Machado, Francisco Fonseca e Fernando Sousa.

Na receção ao ministro a presidente da autarquia disse que a presença de Duarte Cordeiro era um “marco histórico porque pontua o trabalho” do executivo municipal na área do ambiente.

“Permite também reforçar a importância que este setor tem para nós”, salientou ainda Carla Antunes Borges.

O ministro do Ambiente e da Ação Climática começou por visitar o projeto Hyfuelup, um consórcio, liderado pelo Laboratório Colaborativo para as Biorrefinarias (CoLAB BIOREF), que vai produzir biometano em instalações que se encontravam desativadas na Zona Industrial do Lagedo, em Santiago de Besteiros, a partir de resíduos florestais e das lamas provenientes das Estações de Tratamento de Águas Residuais (ETAR).

O projeto piloto, que recebeu um financiamento comunitário de 10 milhões de euros, através do programa Horizonte Europa, pretende testar uma nova tecnologia na produção de biocombustível para consumo industrial. A adaptação da unidade fabril deverá arrancar no próximo mês, esperando-se que entre em funcionamento no segundo semestre de 2025.

Ainda na Zona Industrial do Lagedo, Duarte Cordeiro passou pela empresa Interecycling, empresa que se dedica há mais de duas décadas à reciclagem de materiais informáticos e eletrónicos. O governante visitou as diferentes unidades do grupo empresarial que até 2030 executará um projeto de expansão industrial, num investimento de 12 milhões de euros.

Por último, o governante deslocou-se à Associação de Municípios da Região do Planalto Beirão, que esta sexta-feira apresentou o seu Plano Estratégico para os Resíduos Urbanos (PERSU 2030), que assenta sobretudo na prevenção, circularidade e descarbonização. O Planalto Beirão compromete-se a assegurar um serviço de qualidade, economicamente sustentável e acessível às pessoas.

O plano contempla ações de reforço dos meios de recolha seletiva, soluções para fluxos específicos de resíduos e uma forte aposta na valorização dos biorresíduos.

No encerramento da sessão, o ministro Duarte Cordeiro deu os “parabéns” ao Planalto Beirão e às empresas ligadas ao ramo ambiental e que atuam na área dos resíduos que “têm sido um exemplo e uma referência a nível nacional”.

“Parabéns às empresas que tive hoje a oportunidade de visitar e que têm acreditado neste setor. Aqui pode realmente ver-se um ecossistema de valorização de resíduos, como matéria-prima, como recurso, que é uma referência para todos os outros municípios a nível nacional”, declarou, incentivando quer a associação de municípios, quer as empresas ligadas ao ramo do ambiente a melhorarem e a ultrapassarem as metas ambientais traçadas para o país.

Em breve ministro do Ambiente e da Ação Climática voltará a Tondela para inaugurar o centro de produção de biorresíduos do Planalto Beirão e para marcar presença na apresentação da linha de produção de combustíveis derivados de resíduos da associação de municípios.

 

Pode ver também

II Passeio TT “Terras do Demo” saiu para a estrada com 85 jipes

Foram 30 quilómetros cheios de adrenalina pura. O II Passeio TT “Terras do Demo” realizou-se …

Comente este artigo