Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Karma “muda-se” do centro histórico de Viseu para a Mata do Fontelo

Karma “muda-se” do centro histórico de Viseu para a Mata do Fontelo

“Karma is not a fest” vai realizar-se nos dias 27 de agosto e 03, 10 e 17 de setembro e, segundo a organização, será “um evento à medida da realidade” que se vive.

“Será mais do que uma extensão da programação do Carmo´81 naquele local. Será um novo processo de criação de conteúdos, será a exploração de cenários únicos e idílicos, será a nossa colaboração para com o setor cultural que é o nosso Karma”, explica a organização.

Com uma estratégia multidisciplinar, “focada em explorar os sons, histórias, paisagens e música na Mata do Fontelo”, o evento terá 11 concertos, um cine-concerto, quatro criações artísticas, quatro conversas e quatro caminhadas.

A organização justifica que “a necessidade e dever de reduzir a lotação dos locais utilizados para o evento promovem a vontade de criar e partilhar” com o público os conteúdos que serão produzidos “sempre de forma contínua”.

“Tínhamos planeado para 2020 uma programação eclética, abrangente e repleta de apresentações de vários projetos comunitários. Estava previsto um festival que iria decorrer no mês de junho, ao longo de quatro dias consecutivos”, recorda.

Com os “planos festivaleiros” adiados, o evento foi reagendado e reprogramado, “esquecendo as características de um festival” e propondo uma “programação regular ao longo de um mês na Mata do Fontelo e no ‘site’ do Carmo´81”, com propostas de produção local e de artistas nacionais.

Por exemplo, “seis artistas de Viseu foram desafiados a interpretar os sons, as vivências, as histórias, paisagens e imaginário do Fontelo”, refere a organização.

Para os concertos de 27 de agosto, o Carmo’81 convidou Arianna Caselas, Aurora Brava e Filipe Sambado, e, para os de 03 de setembro, Tiger Picnic e José Pedro Pinto. Neste dia, haverá ainda o cine-concerto “Surdina”, de Rodrigo Areias, com argumento de Valter Hugo Mãe e musicado por Tó Trips.

Unsafe Space Garden, Stereoboy, Dada Garbeck, Gil Dionísio, Samuel Martins Coelho e HHY & The Macumbas também mostrarão o seu trabalho no “Karma is not a fest”.

O Carmo’81 conta com programação regular desde agosto de 2015, no centro histórico da cidade.

 

Pode ver também

Freguesia de Côta – Apoio ao Estudo aos Alunos

A Junta de Freguesia de Côta (Viseu), elaborou e aprovou um Regulamento para o Apoio …

Comente este artigo