Home / Notícias / Grupo de Viseu participou na elaboração dos tapetes para cerimónia de acolhimento do Papa

Grupo de Viseu participou na elaboração dos tapetes para cerimónia de acolhimento do Papa

Flores, sal e cascas de pinheiro foram os materiais usados para dar a conhecer as tradições

A tradição dos tapetes coloridos chegou a Lisboa para a cerimónia de acolhimento do Papa, esta quinta-feira, numa construção “feita durante a noite”, com “flores, sal e cascas de pinheiro”.

Cláudio Rodrigues, autor do desenho e organização da cidade de Viseu, destaca a novidade do material usado no tapete. 

“Queríamos um material que fosse biodegradável, que pudéssemos voltar a reutilizar, temos uma base de serapilheira e usámos cascas de pinheiro, pintada previamente e, neste caso, o desenho é a ideia de Maria, de braços abertos que acolhe a juventude e o Papa”, afirmou. 

A tradição vinda de Viseu “não é muito antiga” mas chegou à capital portuguesa por “causa das festas religiosas onde os tapetes de flores apareceram há cerca de 20 anos”. 

“Esta passadeira traz-nos jovens, de vários quadrantes e de várias nacionalidades, é um momento de congregação e entrega, faz-nos sentir mais jovens e presentes”, reforça o entrevistado. 

Agência Ecclesia

 

Pode ver também

AF Viseu com o maior número de inscrições de sempre

A Associação de Futebol de Viseu (AF Viseu) volta pelo seu terceiro ano consecutivo a ultrapassar o …

Comente este artigo