Home / Notícias / Viseu: Feira de São Mateus 2023 terá marca de evento sustentável

Viseu: Feira de São Mateus 2023 terá marca de evento sustentável

631ª edição decorre entre 10 de agosto e 21 de setembro e associa-se à celebração dos 900 anos da atribuição do Foral a Viseu.

Haverá espetáculos para todos os públicos: os brasileiros Giulia Be e Pedro Sampaio são alguns dos cabeças de cartaz, entre inúmeros nomes de artistas nacionais, como Xutos e Pontapés, Mariza, Bárbara Tinoco, Calema, entre muitos outros. Desporto, cinema, gastronomia e comércio tradicional também estarão em destaque na programação da Feira.

Ao longo de 43 dias, a edição deste ano da Feira de São Mateus vai ter diversas novidades, a começar pela área da sustentabilidade, sendo a primeira Feira, a nível nacional, a obter a certificação de evento sustentável, nas vertentes Social, Económica e Ambiental, e de acordo com os Objetivos de Desenvolvimento traçados pela Organização das Nações Unidas (ONU).

Outra novidade está relacionada com os 900 anos da atribuição do Foral a Viseu, que este ano se assinalam, e a Feira de São Mateus, enquanto evento de referência a nível regional e nacional, que conta já com mais de 600 anos de história, vai associar-se a estas celebrações. Assim, haverá diversos momentos alusivos aos 900 anos do Foral e a própria identidade visual da Feira estará relacionada com esta data.

A 631ª edição de uma das maiores e mais antigas Feiras da Península Ibérica foi apresentada esta noite, pelo presidente da Câmara Municipal de Viseu e pelo presidente da Viseu Marca, entidade organizadora do evento.

Os 75 mil metros quadrados do recinto vão oferecer propostas para todos os gostos e gerações, com espetáculos de artistas de renome, portugueses e internacionais. Entre os cabeças de cartaz destaque para a brasileira Giulia Be, que atua no dia 12 de agosto e no dia 14 é a vez de outro brasileiro, o popular Pedro Sampaio subir ao palco. As apostas nacionais passam por nomes como Xutos e Pontapés, logo no dia 11 de agosto, mas ao longo da Feira há também para ver Fernando Daniel; Os Quatro e Meia; Noble; Nina Toc Toc; Mariza; Calema; Slow J; Richie Campbell; Pedro Abrunhosa e Comité Caviar; Carolina Deslandes; Marisa Liz; Toy; Bárbara Tinoco; Paulo Gonzo e os Hybrid Theory como Tributo aos Linkin Park, entre outros espetáculos.

Haverá ainda momentos de humor, com o Viseu a Rir, que leva ao palco Fernando Rocha e Gilmário Vemba, para além das habituais apostas na gastronomia e artesanato regionais. As atividades desportivas também não vão faltar, são mais de 45, com destaque para a 40ª Meia Maratona de Viseu, numa versão noturna; o 25º Torneio Internacional de Andebol; a Maratona de Cycling; o 2º torneio de Gaming da Feira de São Mateus e a 2ª edição do torneio de Padel.

Para Fernando Ruas, presidente da Câmara Municipal de Viseu, a edição deste ano terá “um particular significado e relevância, já que num espaço secular, como a Feira de São Mateus, que é desde há muito uma marca identitária da região, vamos ter também a oportunidade de celebrar uma data tão significativa e marcante para a cidade, como são os 900 anos da atribuição da Carta do Foral a Viseu, por parte da Rainha Dona Teresa. Este foral comprova a importância de Viseu, que se tornou Urbe 20 anos antes da própria independência do Condado Portucalense.” Fernando Ruas convida todos a juntarem-se à festa e acredita que esta “será mais uma edição da Feira com todos os ingredientes necessários para garantir o sucesso do evento”.

Pedro Alves, presidente da Viseu Marca, partilha da ideia de que “esta será mais uma edição marcante da Feira de São Mateus, porque, para além de tudo o que temos para oferecer ao nível da programação, há a obtenção deste certificado como evento sustentável, nas vertentes Social, Económica e Ambiental, e esta é uma conquista muito importante”. “Estamos a adotar medidas para promover um evento mais amigo do ambiente, reconhecendo a extrema importância da preservação ambiental, e este é um compromisso que assumimos com as gerações futuras e um exemplo e sinal positivo que queremos dar, em como a área dos eventos pode e deve também dar o seu contributo para a promoção da sustentabilidade que deve igualmente refletir-se em tornar esta Feira autossuficiente em termos socioeconómicos”. Pedro Alves deixa ainda o convite para que “venham todos a Viseu, desfrutar do muito que esta Feira secular tem para oferecer”.

 

Pode ver também

Homem de 74 anos morre em acidente com trator

Na manhã desta sexta-feira, 19 de abril, o acidente com um trator provocou a morte …

Comente este artigo