Home / Notícias / Desporto / FC Porto é um dos cinco adversários na pré-época do Académico de Viseu

FC Porto é um dos cinco adversários na pré-época do Académico de Viseu

A nova temporada competitiva para o Académico de Viseu arranca com um duplo confronto com o Casa Pia.

O Futebol Clube do Porto é um dos cinco adversários do Académico de Viseu no calendário de pré-época dos beirões, que vão jogar na II Liga de futebol.

A SAD do clube beirão confirmou cinco partidas de preparação, todas fora de Viseu, já que o Estádio do Fontelo continua em obras até final de setembro, com a primeira partida agendada para sábado, 10 de julho, frente ao Rio Ave (II Liga).

Seguem-se partidas frente ao Anadia (Liga 3), dia 13 de julho, depois em 15 em Seia, frente ao Sporting da Covilhã (II Liga), e em 17 de julho, o jogo frente ao FC Porto. Os jogos de pré-época do Académico de Viseu terminam no dia seguinte, 18 de julho, frente a mais uma formação da I Liga, o Moreirense.

O Académico de Viseu continua, oficialmente, sem apresentar nenhum reforço para a época 2021/22, mas o plantel que trabalha às ordens de Zé Gomes tem, nos últimos dias, contado com algumas caras novas, casos de André Claro e Vítor Bruno, ambos ex-Vilafranquense, Pedro Monteiro, central que jogava no Feirense, e o avançado Ahmed Tety, costa marfinense que jogava no Al Jahra, do Kuwait, com as novidades de hoje a serem o médio Ericson (ex-Vizela) e o lateral esquerdo brasileiro Igor Milioransa (Grémio Anápolis – Brasil).

A nova temporada competitiva para o Académico de Viseu arranca com um duplo confronto com o Casa Pia, primeiro para a Taça da Liga (24 ou 25 julho) e depois no fim de semana de 07 e 08 de agosto, na primeira jornada da II Liga, com ambas as partidas a serem disputadas no Estádio Municipal de Aveiro que volta a ser ‘casa emprestada’ dos viseenses enquanto decorrem as obras no Estádio do Fontelo.

 

Pode ver também

Vários concelhos do distrito de Viseu em risco muito elevado de incêndio devido ao calor

Para esta quinta-feira, 18 de julho, o IPMA (Instituto Português do Mar e Atmosfera) prevê …

Comente este artigo