Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Fábrica da Huf em Tondela aposta na redução das emissões de carbono

Fábrica da Huf em Tondela aposta na redução das emissões de carbono

A criação de um parque solar, a economia de energia e o reaproveitamento de material são medidas postas em prática na fábrica da Huf, em Tondela, com o objetivo de reduzir as emissões de carbono, anunciou a empresa.

Segundo o gerente Pedro Pêga, “a Huf Portuguesa, como todo o grupo Huf, está comprometida com a sustentabilidade em todas as áreas de trabalho”.

O grupo Huf – que desenvolve e produz sistemas mecânicos e eletrónicos de bloqueio e sistemas de autorização e acesso ao veículo para a indústria automóvel mundial – pretende atingir a neutralidade em emissões de carbono, o mais tardar, até 2030.

“Não estamos apenas a otimizar os nossos processos para garantir a proteção do meio ambiente, mas também estamos a sensibilizar os nossos colaboradores para atuarem com consciência ambiental”, garante Pedro Pêga.

O gerente exemplificou que está a ser planeada a instalação de pontos de carregamento para que qualquer pessoa que vá trabalhar com um carro elétrico possa carregar a bateria gratuitamente, sendo a energia elétrica fornecida pelos painéis solares instalados no estacionamento.

A Huf instalou painéis solares na cobertura e no parque de estacionamento da fábrica em Tondela. No total, são 2.336 módulos com capacidade total de 740 quilowatt pico (kWp – máximo de energia produzida em condições ideais).

“Atualmente, com um consumo de 4,47 GWh (Gigawatt-hora) por ano, 1,03 GWh serão fornecidos através de energia solar. Espera-se que 23% das necessidades de energia sejam colmatadas através da geração de energia sustentável”, explica a Huf, acrescentando que “o projeto de painéis solares foi testado e comissionado” em fevereiro passado.

As medidas vão além do parque solar, incluindo também “economia de energia, redução e reaproveitamento de material, redução do consumo de água, redução de espaço nas áreas de produção e otimização de processos logísticos”.

Por exemplo, no processo de pintura de puxadores externos para portas, “a Huf minimiza o uso de solventes e oferece revestimentos à base de água”, além de reduzir “constantemente o desperdício nas áreas da produção e logística”, acrescenta.

A empresa refere ainda que “qualquer material em excesso da injeção de componentes plásticos ou metálicos, se possível, é reciclado e reutilizado no processo de produção” e que os seus colaboradores são motivados quer premiando as suas sugestões, quer promovendo as suas iniciativas de proteção ambiental e de economia de recursos naturais através de um sistema de sugestões de melhorias internas.

Fundada em Velbert, na Alemanha, a Huf tem hoje fábricas na Europa, na América e na Ásia. Em 2020, o grupo Huf gerou vendas de aproximadamente um bilião de euros e empregou cerca de 7.800 colaboradores em todo o mundo.

 

Pode ver também

Inclusão social é uma das prioridades da região Viseu Dão Lafões – autarca

A Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões vai, na estratégia para o próximo quadro financeiro …

Comente este artigo