Home / Notícias / Estância termal de Sangemil em Tondela regista aumento na procura de 11%

Estância termal de Sangemil em Tondela regista aumento na procura de 11%

As termas de Sangemil estão a registar um aumento na procura de 11% desde o início da época balnear e face a igual período do ano passado, anunciou a Câmara Municipal de Tondela, que gere a estância.

“Nestes primeiros dois meses de funcionamento verificou-se um aumento de 11% no número de aquistas face a igual período no ano anterior. A grande maioria dos utentes escolheu o complexo para realizar curas termais”, anunciou o município.

A Câmara destacou que “estes números comprovam a trajetória de crescimento registada já o ano passado” pelas Termas de Sangemil.

Em 2022, Sangemil “registou uma subida de 27% no número de aquistas” ao longo de toda a época balnear, entre 01 de abril e 30 de novembro.

As águas são captadas a cerca de 100 metros de profundidade, a uma temperatura de 49 graus, e a estância “está vocacionada para o tratamento de doenças reumatológicas e músculo-esqueléticas”.

“As Termas de Sangemil também têm vocação para tratamentos das vias respiratórias, como sinusite, rinite, faringite ou bronquite”.

As Termas de Sangemil abriram ao público, nas atuais instalações, em 1994, mas as águas sulfurosas já eram usadas para efeitos terapêuticos desde o século XVIII.

 

Pode ver também

Livro de Alberto Almeida recorda “Lamego na Construção de Abril”

O Município de Lamego continua a apoiar ativamente todas as manifestações culturais existentes no concelho, através, …

Comente este artigo