Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Empresa de Mortágua reconstruída após incêndios aposta na autossuficiência energética

Empresa de Mortágua reconstruída após incêndios aposta na autossuficiência energética

A empresa Pellets Power de Mortágua foi reconstruída após os incêndios de outubro de 2017 e investiu um milhão de euros num parque fotovoltaico, foi inaugurado ontem, que lhe permitirá caminhar em direção à autossuficiência energética.

A ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, elogiou o dono da empresa durante a inauguração do parque fotovoltaico no polo industrial do Freixo.

A governante realçou que a fábrica foi reconstruída “sem quaisquer apoios públicos, com meios próprios”, porque o empresário “achou que não estava em condições de cumprir as condições que os apoios exigiam” e, já na altura, tinha planeado fazer o investimento no parque fotovoltaico.

Ana Abrunhosa congratulou-se por empresários que, mesmo “em tempos de crise” e “inundados de problemas”, ganharem força para os resolver e “fazerem ainda mais”. “Hoje, temos aqui a primeira fase de um investimento que é fundamental para as nossas empresas.

O preço das matérias-primas e da energia tem aumentado e, portanto, esta questão de as empresas se manterem competitivas implica reduzirem custos de produção”, considerou.

Segundo a ministra, este é o tipo de projetos que o Governo quer “continuar a estimular e a apoiar”, porque “reduzem os custos de produção das empresas em mercados em que um cêntimo pode fazer a diferença entre perder um ganhar um cliente”.

O presidente da Câmara de Mortágua, Júlio Norte, explicou aos jornalistas que, depois desta primeira fase do parque fotovoltaico (de um megawatt de potência), está prevista uma segunda, que necessita do licenciamento da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro. “Com o segundo parque, a empresa será praticamente autossuficiente em dias de sol em energia elétrica”, frisou.

Segundo o autarca, a recuperação da empresa após os incêndios de 2017 custou “na ordem dos 13 a 15 milhões de euros” e foi feita “com os próprios meios e com a indemnização do seguro”.

Ana Abrunhosa disse aos jornalistas que “os clientes valorizam muito” investimentos como o que está a ser feito pela Pellets Power de Mortágua, “porque significa que as fontes de energia são mais limpas do que as tradicionais”. “Os maiores clientes começam a exigir dos seus produtores estas preocupações ambientais. Este projeto vai nesse sentido de incorporar no processo de produção cada vez mais energias limpas”, realçou.

Além do parque fotovoltaico, a ministra da Coesão Territorial e o presidente da Câmara de Mortágua também inauguraram as novas instalações da Pellets Power, cujo investimento foi superior a 15 milhões de euros.

 

Pode ver também

Carros Da Candidata CDU – V.N.Paiva Foram Vandalizados

Na madrugada de terça-feira, 3 de agosto, os carros de Carolina Schut Brandsema, candidata CDU …

Comente este artigo