Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Doentes com cancro estão a chegar ao hospital de Viseu em “estado muito avançado”

Doentes com cancro estão a chegar ao hospital de Viseu em “estado muito avançado”

Centro Hospitalar Tondela Viseu (CHTV) está a diagnosticar casos de cancro em estado muito avançado, como já não se via há mais de 20 anos. Um dado avançado pelo diretor do serviço de imagiologia do hospital.

“Estou a ver tumores que chegam a um estado tão avançado que já não via isso há mais de 20 anos. As pessoas atrasaram vindas aos hospitais, a ida aos médicos, também não havia consultas presenciais, havia consultas por telefone, as pessoas também tinham medo de vir aqui fazer os exames”, afirmou à SIC Notícias, o médico Duarte Silva, acrescentando que na sua secretária tem “uma pasta cheia de requisições de doentes” que tiveram marcação para fazer exames de despiste e de seguimento da doença, mas “que simplesmente não vieram” ao hospital.

De acordo com o clínico, não há tipos específicos de cancro com mais prevalência devido ao diagnóstico tardio, que em algumas situações veio complicar a luta contra a doença.

“Poderão ter algum tipo de tratamento, mas já não será é um tratamento tão eficaz. Alguns atrasos devem ter sido seguramente fatais”, admite.

Mais de um ano depois de a pandemia ter chegado a Portugal, Duarte Silva diz que os doentes “já estão a regressar com mais confiança ao hospital”, ainda assim o médico deixa um alerta: “às vezes basta um mês para estragar o trabalho que foi feito durante anos”.

“A pandemia com este atraso nos diagnósticos das situações tumorais também ajudou a baixar a esperança de vida dos portugueses. Há muito mais gente a morrer por situações não propriamente ligadas à Covid, mas por atrasos no diagnóstico e no tratamento porque as pessoas tinham medo de vir ao hospital”, conclui o diretor do serviço de imagiologia do CHTV, à margem de uma visita ao novo raio X do hospital, que foi construído para dar apoio às urgências, evitando o cruzamento de doentes urgentes com outros que se deslocam à unidade hospitalar para fazer exames.

 

Pode ver também

Inclusão social é uma das prioridades da região Viseu Dão Lafões – autarca

A Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões vai, na estratégia para o próximo quadro financeiro …

Comente este artigo