Home / Notícias / Covid-19: Moimenta da Beira ativou Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil

Covid-19: Moimenta da Beira ativou Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil

A Câmara de Moimenta da Beira, no distrito de Viseu, decidiu ativar o Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil, com o objetivo de “conter possíveis linhas de contágio” e evitar mais casos de covid-19.

Depois de ouvir a estrutura da Comissão Municipal de Proteção Civil, o presidente da Câmara de Moimenta da Beira, Paulo Figueiredo, avançou com a declaração de Situação de Alerta de âmbito municipal, e ativou o Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil.

Segundo a autarquia, esta situação será alterada “em função da evolução da situação epidemiológica no país e, em concreto, no concelho de Moimenta da Beira”.

O objetivo é “garantir que as entidades e instituições” que fazem parte da “Comissão Municipal de Proteção Civil acionam, a nível municipal, no âmbito da sua estrutura orgânica e das suas atribuições, os meios necessários ao desenvolvimento das ações de proteção civil, fortalecendo a capacidade de resposta à pandemia no concelho”, acrescenta.

No sábado, estavam ativos 35 casos de covid-19 no concelho de Moimenta da Beira, alguns dos quais na comunidade escolar.

“Apesar de constatarmos a existência de focos de covid-19 na nossa escola, algo que tem sido para nós uma preocupação constante, informamos que, entre as infeções, não há casos graves”, refere Paulo Figueiredo, em comunicado.

O autarca garante que “estão todos clinicamente bem e a ser acompanhados pelos serviços de saúde, que têm tomado as medidas e determinações adequadas”.

Apesar de a situação não ser alarmante, Paulo Figueiredo pede aos munícipes que se desloquem às antigas instalações da Escola Carolina Guedes para fazerem auto-testes (marcando previamente).

“Este gesto é verdadeiramente decisivo, pois só assim a competente estrutura de saúde pode tomar as medidas necessárias”, sublinha.

 

Pode ver também

Vários concelhos do distrito de Viseu em risco muito elevado de incêndio devido ao calor

Para esta quinta-feira, 18 de julho, o IPMA (Instituto Português do Mar e Atmosfera) prevê …

Comente este artigo