Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Câmara de Sátão promoveu os “Sabores da Terra” na adega da Quinta da Taboadella

Câmara de Sátão promoveu os “Sabores da Terra” na adega da Quinta da Taboadella

Para promover a gastronomia, a cultura, o património, o artesanato, o desporto, as tradições e o empreendedorismo, o município de Sátão promoveu a iniciativa “Sabores da Terra”, que decorreu na adega da Quinta da Taboadella.

Alexandre Vaz, presidente da Câmara de Sátão, em declarações à Alive Fm, realçou que, o evento teve o intuito de divulgar a “marca Sátão” e a “Capital do Míscaro”.

Com as entidades públicas, privadas e associações do concelho, o autarca de Sátão pretende a partir de agora levar o nome de Sátão e os “Sabores da Terra” a outros mercados e atrair mais turistas e empresários.

Pedro Machado, presidente da Turismo Centro, em declarações à Alive Fm, realçou que esta iniciativa é um passo para promover as singularidades do concelho de Sátão, nas áreas do património e da gastronomia para a promoção do turismo.

Pedro Machado, realça a importância do turismo para alavancar a economia local que, deve ter como parceiras as autárquicas locais.

Nuno Martinho, presidente da CIM Viseu Dão Lafões, diz que a Comunidade Intermunicipal tem promovido a coesão territorial, como exemplo, Nuno Martinho destacou o mais recente projeto, “Ir e Vir” transporte flexível, para minimizar as assimetrias.

O tecido empresarial é atualmente uma das ferramentas mais importantes para o desenvolvimento dos concelhos de baixa densidade, destacou Nuno Lopes, representante em Sátão da Associação dos Comerciantes do Distrito de Viseu.

O enoturismo é uma das apostas da Quinta da Taboadella que foi adquirida em 2018 pelo grupo Amorim, realçou Ana Mota diretora de produção e viticultura da Quinta da Tabadella.

Frueat e Quinta do Vilar a laborar no concelho de Sátão que exporta na maioria para os mercados internacionais, durante a pandemia teve uma quebra significativa nas vendas de quase 40%, em sentido contrário, no mercado externo subiu 15%, referiu Henrique Menezes responsável da empresa.

A Cerutil, empresa de cerâmica sedeada em Sátão durante a pandemia teve de se reinventar, no pós pandemia a empresa aumentou as vendas em 75% e tem novos projetos para se alavancar no futuro, realçou Paulo Pires representante da empresa.

A Frutisilves empresa de transformação de cogumelos, com o mercado virado para a internacionalização vai apostar numa nova empresa no concelho de Sátão, realçou o responsável Patrick Silves.

A Lactovouga durante a pandemia passou por algumas dificuldades, referiu a representante Maria Odete, no pós pandemia a empresa tem vindo a recuperar o mercado.

Galeria de fotografias.

 

Pode ver também

Covid-19: Tondela com três jogadores infetados além do treinador Pako Ayestarán

Três jogadores do Tondela testaram positivo ao vírus SARS-CoV-2, depois de ter sido anunciado pelo …

Comente este artigo