Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Autárquicas: Presidente de Carregal do Sal eleito pelo PS candidata-se por movimento independente
Rogério Abrantes presidente da CM de Carregal do Sal

Autárquicas: Presidente de Carregal do Sal eleito pelo PS candidata-se por movimento independente

O presidente da Câmara de Carregal do Sal, Rogério Abrantes, que foi eleito pelo PS, vai candidatar-se a um terceiro mandato encabeçando a lista de um movimento de cidadãos independentes, por considerar que “os próximos anos são demasiado importantes”.

Rogério Abrantes admitiu que equacionou abandonar a vida pública, mas, “após longa ponderação”, decidiu aceitar o repto lançado por gente que “ama e sente” a sua terra.

“Os próximos anos são demasiado importantes e as oportunidades de desenvolvimento que aí vêm podem não se repetir durante as nossas vidas”, justificou o também presidente da Comunidade Intermunicipal Viseu Dão Lafões.

O movimento Cidadãos Independentes pelo Concelho de Carregal do Sal é um projeto apartidário que agrega “um grupo de cidadãos mais forte, com provas dadas fora da vida partidária, com visão estratégica, com ambição e, sobretudo, com muito amor” pelo concelho, referiu.

O autarca disse que em doze anos – os primeiros quatro como vereador e os últimos oito como presidente – deu o seu melhor “em circunstâncias muitas vezes adversas”.

“Iniciámos o mandato ao leme da Câmara Municipal ainda sob o efeito do programa de recuperação da pré-falência do Estado e das medidas impostas pelos nossos credores externos”, recordou Rogério Abrantes, lembrando também os incêndios florestais de 2017 e a pandemia de covid-19.

O PS apresenta como candidato às próximas eleições autárquicas o médico e presidente da concelhia de Carregal do Sal Paulo Catalino.

Em junho, o presidente da Federação Distrital de Viseu do PS, José Rui Cruz, explicou que, em janeiro, Rogério Abrantes foi convidado a recandidatar-se pelas listas do partido, mas “mostrou-se indisponível para o efeito”, invocando motivos de ordem pessoal.

“Os dirigentes da Federação Distrital logo o informaram que, perante tal indisponibilidade, teriam de procurar e convidar outra pessoa para o efeito, o que mereceu a concordância de Rogério Abrantes”, contou, acrescentando que, por proposta da concelhia, foi apresentado o nome de Paulo Catalino.

Segundo José Rui Cruz, este candidato mereceu “unanimidade e total apoio nos órgãos concelhios e distritais do partido”.

No concelho, são também já conhecidos como candidatos Luís Fidalgo (PSD) e Hermínio Marques (BE).

O PS “roubou” a cadeira do poder ao PSD em 2013, com uma lista encabeçada por Rogério Abrantes.

 

Pode ver também

Festival Outono Quente, de Viseu, privilegia artistas locais e nacionais

Duas companhias internacionais, 14 nacionais e 17 locais, num total de 80 artistas, animam de …

Comente este artigo