Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Autárquicas: CDU quer entreposto de recolha e escoamento de produtos em Viseu

Autárquicas: CDU quer entreposto de recolha e escoamento de produtos em Viseu

O cabeça de lista da CDU à Câmara de Viseu, Francisco Almeida, defendeu hoje a criação no concelho de um entreposto de recolha, transformação e escoamento de produtos, dotado de matadouro.

Durante uma ação de campanha da feira semanal, Francisco Almeida ouviu queixas dos pequenos produtores que sentem dificuldades em vender frutas, hortícolas e animais.

“Defendemos a criação no concelho de Viseu de um entreposto que sirva para recolher, eventualmente transformar e comercializar os produtos locais da agricultura, hortícolas, frutas e pecuária”, disse Francisco Almeida à agência Lusa.

No seu entender, também “continua a ser incompreensível que Viseu não tenha um matadouro” e que “para matar um animal e o poder vender tenha de se ir a Aveiro”.

“Isso acrescenta logo euros e euros em cima que depois se vão refletir no consumidor”, lamentou.

O candidato da CDU disse duvidar da solução encontrada pelo executivo camarário do PSD para os lojistas e produtores locais do mercado municipal, que vão ficar durante alguns anos provisoriamente instalados numa estrutura que será criada num parque de estacionamento.

“Aquela solução, uma coisa temporária, não me está a cheirar muito bem”, admitiu, dizendo temer que possa vir a ser “um provisório definitivo”.

Francisco Almeida afirmou que Viseu precisa “de uma solução de fundo que resolva o problema da comercialização e da compra dos produtos locais para os viseenses poderem comprar [produtos] hortícolas, frutícolas e carne que são produzidos” na região.

Exemplificou que, na segunda-feira, a CDU realizou uma ação na porta de uma grande superfície comercial onde, em vez de distribuir “canetas e isqueiros que são fabricados em Espanha”, ofereceu maçãs de Moimenta da Beira.

Hoje, na feira semanal, a comitiva da CDU levava nas mãos apenas panfletos, o que desiludiu alguns dos presentes.

“Só têm isso?”, “Não há uma canetinha ou um isqueiro?”, perguntaram algumas pessoas.

Francisco Almeida respondeu: “Nós não temos dinheiro para isso. Isso é para os ricos. Eles já aí vêm”.

O candidato da CDU disputa as eleições de dia 26 com Fernando Ruas (PSD), João Azevedo (PS), Nuno Correia da Silva (CDS-PP), Manuela Antunes (BE), Pedro Calheiros (Chega), Fernando Figueiredo (Iniciativa Liberal) e Diogo Chiquelho (PAN).

 

Pode ver também

Festival Outono Quente, de Viseu, privilegia artistas locais e nacionais

Duas companhias internacionais, 14 nacionais e 17 locais, num total de 80 artistas, animam de …

Comente este artigo