Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Vila Nova de Paiva: autarca garante que abate de árvores só avança caso esteja em causa a segurança pública

Vila Nova de Paiva: autarca garante que abate de árvores só avança caso esteja em causa a segurança pública

As obras de regeneração urbana do centro de Vila Nova de Paiva já estão a decorrer, o projeto que envolve um investimento de 1.4 milhões de euros, é a obra que mais financiamento envolve no mandato do atual presidente do município, José Morgado.

E se esta é a obra que vai marcar o mandato do autarca socialista, esta é também a obra que mais polémica tem envolvido, em causa está o possível abate de árvores centenárias junto ao edifício da câmara.

Contra o abate já surgiram várias vozes, que levou à colocação de cartazes em defesa das árvores, mas há também, quem esteja a favor do corte, se estiverem a pôr em causa a segurança pública.

Pela primeira vez e em declarações exclusivas à Alive Fm, o autarca de Vila Nova de Paiva, José Morgado, diz que não há nenhuma decisão a suspender o abate das árvores centenárias.

O autarca diz que o município mandou elaborar um estudo à Escola Superior Agrária de Viseu, para que a decisão seja tomada de acordo com o atual estado de conservação das árvores centenárias.

O autarca de Vila Nova de Paiva, José Morgado, diz que o projeto de regeneração urbana do centro da vila, contemplou um estudo de impacto ambiental onde preservava as árvores centenárias que estivessem em bom estado.

As obras que decorrem no centro urbano de Via Nova de Paiva, devem chegar à zona das árvores centenárias em fevereiro do próximo ano, o autarca José Morgado, espera que nessa altura, o estudo da Escola Superior Agrária de Viseu esteja concluído.

Autarca de Vila Nova de Paiva garante que o abate das árvores centenárias no decorrer das obras de regeneração do centro da vila, só será feito caso as mesmas representem perigo eminente de queda colocando em causa a segurança pública.

Áudio / Pedro Santos / Alive Fm.

Noticias relacionadas.

 

Pode ver também

Utilização total dos Parques fechados em Viseu custa 20€ por mês

A Câmara de Viseu aprovou a localização da numeração dos estacionamentos das ZEDL, bem como …

Comente este artigo