Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Assembleia Municipal de Viseu questiona Governo sobre centro de oncologia

Assembleia Municipal de Viseu questiona Governo sobre centro de oncologia

A Assembleia Municipal de Viseu aprovou, por unanimidade, uma moção que questiona a ministra da Saúde sobre o projeto do centro oncológico prometido pelo Governo em 2017 para entrar em funcionamento em 2019.

Ana Paula Santana, deputada do PSD, questiona “se o centro oncológico em Viseu será ou não uma realidade, qual o projeto do Governo e se o projeto foi o que foi apresentado no Centro Hospitalar Tondela Viseu (CHTV) em 16 de maio.

Ana Paula Santana quer saber ainda onde é que “a obra, a existir, é para ser instalada ou para ser construída” e também “qual o cronograma temporal da execução” do centro oncológico em Viseu.

Esta moção, aprovada por unanimidade, questiona ainda “qual o orçamento previsto e para quando a sua abertura ao público” e também se “está, ou não, garantida a continuidade do serviço oncológico no CHTV”.

Na apresentação da moção, Ana Paula Santana recordou os vários episódios que tem havido em torno do centro oncológico em Viseu, tema que tem dominado os trabalhos, antes da ordem do dia, das várias assembleias municipais nos últimos meses.

A construção do centro oncológico e o serviço de radioterapia no Centro Hospitalar Tondela Viseu é uma promessa de 2017, do então secretário de Estado da Saúde, Manuel Delgado, quando, em julho de 2017, participou no 20º aniversário do Hospital São Teotónio, em Viseu.

O investimento inicial na radioterapia a instalar no Centro Hospitalar Tondela Viseu, irá rondar os seis milhões de euros, “com tendência para aumentar cerca de 30% a 40%, em função da instalação de um segundo acelerador linear”.

Nesta mesma altura, o secretário de Estado da Saúde prometia que a instalação da radioterapia em Viseu, deveria “entrar em funcionamento em finais de 2018, princípio de 2019”.

 

Pode ver também

Utilização total dos Parques fechados em Viseu custa 20€ por mês

A Câmara de Viseu aprovou a localização da numeração dos estacionamentos das ZEDL, bem como …

Comente este artigo