Home / Notícias / APPACDM de Viseu constrói por mais de 2 ME centro de atividades e capacitação

APPACDM de Viseu constrói por mais de 2 ME centro de atividades e capacitação

 A Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental (APPACDM) de Viseu vai adjudicar, por mais de dois milhões de euros (ME), a construção de um centro de atividades e capacitação, que acolherá também familiares de utentes.

“Assinámos a deliberação de adjudicação de uma obra que vai nascer, ou seja, vamos ter um novo CACI [centro de atividades e capacitação para a inclusão]”, anunciou hoje o presidente da instituição, Pedro Baila Antunes.

A obra “está inscrita no PRR [Plano de Recuperação e Resiliência], com um financiamento de 85%, de um total superior a dois milhões de euros” para a construção de raiz do novo espaço, especificou o responsável.

No dia em que a sede recebeu o jogador da seleção nacional de futebol António Silva, o presidente da APPACDM de Viseu afirmou que “tudo o que é feito, é para proporcionar bem-estar e alegria” aos utentes e este projeto tem “o mesmo propósito”.

A nova construção será “um espaço inovador, que terá ATL [atividades de tempos livres], porque a população com deficiência está a ficar muito envelhecida e os pais também, mas muitos querem continuar a viver com os familiares”, apontou.

Para isso, sustentou Pedro Bailla Antunes, “têm de ser criadas condições para que possam estar na instituição em férias e para isso há necessidade de espaço para as atividades”.

“Também há muita procura para lares e essa é uma das nossas lutas, mas este CACI é, essencialmente, para criar mais condições para as atividades do dia-a-dia e precisamos de mais espaço”, sublinhou.

Inserida numa quinta com “quase 15 hectares”, a APPACDM de Viseu tem, atualmente, 180 utentes em estabelecimento, embora a instituição “sirva perto de 1.000 [pessoas], porque é prestado muito apoio no exterior, nomeadamente nas escolas”, através de terapias.

A nova valência, com “capacidade para mais 60 pessoas”, vai nascer na quinta da instituição, na freguesia de Repeses, Viseu, “junto ao edifício central”, ficando, “tudo no mesmo complexo”, realçou.

A APPACDM de Viseu, que é a maior instituição do distrito nesta área, também está presente no concelho de Santa Comba Dão e vai estender-se ao município de Resende, frisou Pedro Bailla Antunes, que assumiu a presidência da instituição em janeiro deste ano.

Lusa

 

Pode ver também

Vila Nova de Paiva: Município entregou 14 incentivos à natalidade

O Município de Vila Nova de Paiva continua a apoiar as famílias “Paivenses”, ao abrigo …

Comente este artigo