Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Apoio à realização de queimadas avança em Viseu

Apoio à realização de queimadas avança em Viseu

A Agência para a Gestão Integrada de Fogos Rurais (AGIF) está a apoiar a Realização de Queimadas nos distritos de Vila Real, Viseu e Guarda. O objectivo desta iniciativa é a redução de áreas ardidas de forma desregulada durante o Verão, evitando assim que se transformem em incêndios severos, em áreas onde existe uma forte relação entre o uso tradicional do fogo e a actividade de silvopastorícia.

Viseu foi escolhido como distrito piloto para desenvolver o processo de acompanhamento e apoio aos pastores, com início desde Outubro de 2019, direccionado para áreas com necessidade de renovação de pastagens e melhoria dos habitats e onde a população rural tem uma percepção errada do risco e das condições do meio envolvente.

Equipa de projecto com representação distrital, regional e municipal

A equipa de projecto é constituída por entidades parceiras com representação distrital, regional e municipal, como o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), a Direcção Regional de Agricultura, Direcção-Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV), Autoridade Nacional de Emergência e Protecção Civil (ANEPC), a Guarda Nacional Republicana (GNR), as Comunidades Inter-municipais (CIM), as Organizações de Produtores Florestais, Corpos de Bombeiros e autarquias, as quais procederam à definição de territórios prioritários nos diversos concelhos, procurando dar resposta aos problemas que foram identificados pelas comunidades locais.

Em Castro Daire, no distrito de Viseu, já foram realizadas 4 acções para renovação, aproximadamente de 100 ha de pastagens, em áreas identificadas pelos pastores, informa um comunicado da Agência para a Gestão Integrada de Fogos Rurais.

Estas acções foram realizadas por equipas dos Bombeiros de Castro Daire, Brigada de Sapadores Florestais da Comunidade Inter-municipal de Viseu e Dão Lafões, com apoio da Associação de Produtores Florestais de Montemuro e Paiva e Força Especial de Protecção Civil (FEPC), Grupo de Intervenção, Protecção e Socorro (GIPS), suporte logístico do Município de Castro Daire.

 

Pode ver também

Ordem dos Psicólogos Portugueses distingue Viseu como Comunidade Pró-Envelhecimento

O programa municipal Atividade Sénior conta com 2700 participantes, um investimento de 150 mil euros, …

Comente este artigo