Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Lamego: Projeto inovador melhora o sucesso educativo e reduz o abandono escolar

Lamego: Projeto inovador melhora o sucesso educativo e reduz o abandono escolar

A Câmara Municipal de Lamego está a desenvolver, junto das crianças do ensino pré-escolar e do 1º ciclo do concelho, um projeto inovador, com o objetivo de melhorar o sucesso educativo e reduzir o abandono escolar precoce.

Desde o início do ano letivo, a equipa multidisciplinar do Projeto “Lamego Educa” trabalha diariamente no terreno para implementar ações estruturantes que têm o objetivo de promover a igualdade de oportunidades de acesso ao ensino.

As férias escolares do Natal foram aproveitadas para, junto das crianças do ATL, abordar as temáticas da alimentação saudável e da robótica, com o objetivo de proporcionar novas experiências e vivências.

Para demonstrar que, muitas vezes, os mais pequenos recusam provar determinados alimentos sem conhecer os respetivos sabores, foi feita uma prova cega, no Centro Escolar nº1, que concluiu que é possível comer bem e de uma forma saudável.

Durante a deslocação efetuada à Escola de Hotelaria e Turismo do Douro, as crianças puseram ainda as mãos na massa e ajudaram a confecionar bolachas saudáveis. Em simultâneo, ao permitir que experimentassem e utilizassem robots, impressoras a laser e 3D, criando pequenos objetos, que depois personalizaram.

Recorde-se o “Lamego Educa” é um Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar, representando um investimento superior a 610 mil euros, apoiado pelo Norte 2020, e que está a ser implementado em parceria com os Agrupamentos de Escolas Latino Coelho e da Sé.

Em breve, serão concretizadas novas iniciativas com o objetivo de colocar o concelho de Lamego, avança em comunicado a autarquia, na vanguarda do que de melhor existe na oferta educativa em Portugal.

 

Pode ver também

Incêndio florestal em Tabuaço com origem em queima de sobrantes

A GNR anunciou ter identificado uma mulher pela prática do crime de incêndio florestal, na sequência …

Comente este artigo