Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Local / Colheita 2015 Pindelo de Silgueiros com diploma grande vinho do Dão

Colheita 2015 Pindelo de Silgueiros com diploma grande vinho do Dão

 

No passado dia 23 de Maio, a Comissão Vitivinícola Regional do Dão cumpriu, mais uma vez, a tradição de divulgar os prémios do Concurso “Os Melhores Vinhos do Dão no Produtor – Dão Primores” – colheita 2015, que alcançaram diplomas de Prata, Ouro e Grande Vinho do Dão. Esta cerimónia integrou o evento Dão Primores que contou com a presença de Sua Excelência o Senhor Secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, Dr. Luís Vieira.

Avaliados por um júri composto pelo plenário da Câmara de Provadores da CVR do Dão, os vinhos que obtiveram entre 75 a 80 pontos foram distinguidos com o diploma de Menção Honrosa; entre 80 e 90, o diploma Prata; e mais que 90 pontos arrecadaram o diploma Ouro.

Este ano, na categoria de vinhos brancos foram atribuídos 7 diplomas Prata e 9 Ouro; na categoria de rosados houve 5 diplomas Prata e uma Menção Honrosa e, na categoria de tintos, foram entregues 24 diplomas Ouro e 15 Prata.

Faz ainda parte do regulamento do concurso, dentro dos 5 vinhos com Diploma Ouro mais pontuados, seleccionar o Grande Vinho do Dão, que este ano foi atribuído ao produtor CM Wines, com um vinho tinto da casta Touriga Nacional.

Participaram no Concurso 49 produtores com um total de 204 amostras de vinhos brancos, vinhos rosados e vinhos tintos.

A cerimónia decorreu no Solar do Vinho do Dão em Viseu e contou com dois convidados de honra, especialistas em viticultura e enologia. Elogiando a vindima de 2015 em que todas as castas surpreenderam pela positiva, António Teixeira só pede para que «os enólogos saibam aproveitar bem as uvas na adega». Por sua vez, Nuno Cancela de Abreu, deu destaque aos rosés «que estão a ganhar espaço nesta região, por serem vinhos bons para acompanhar qualquer iguaria».

A vindima 2015 no Dão vai ser recordada como uma das mais representativas do melhor que a região pode produzir, com vinhos únicos de grande carácter, mostrando a diferença e personalidade própria, expressa nos aromas e paladares exclusivos do nosso terroir.

Foi um ano de pouca precipitação, permitindo que as diferentes fases do ciclo vegetativo ocorressem com normalidade. Os aguaceiros ocorridos na segunda semana de Setembro contribuíram para que as castas tintas apresentassem o equilíbrio perfeito dos mostos dando-lhes a característica mais apreciada no vinho da região do Dão, a elegância.

Alive Fm

 

Pode ver também

Imobiliária ERA chega ao Sátão

A imobiliária ERA Viseu Sé abriu no Sátão uma filial com o objectivo de ficar …

Comente este artigo