Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / Câmara de Viseu com orçamento de 89.1 milhões de euros para 2019
Almeida Henriques. presidente da CM de Viseu

Câmara de Viseu com orçamento de 89.1 milhões de euros para 2019

O Executivo Municipal de Viseu aprovou com os votos contra dos vereadores do PS, a proposta de Orçamento do Município de e dos Serviços Municipalizados de Água e Saneamento para 2019, que totaliza um montante global de 89,1 milhões de euros. Este orçamento será reforçado em pelo menos 20 milhões de euros, com a incorporação do saldo de gerência.

A aposta da câmara de Viseu para 2019 passa pela educação, ação social, captação de investimento, desporto e cultura sai reforçada neste orçamento.

Segundo o autarca de Viseu Almeida Henriques, a solidez financeira e económica das contas do Município permite que o orçamento de 2019 dedique às funções sociais e económicas mais de 80% das Grandes Opções do Plano (GOP), com 43 milhões de euros. Deste montante, 50% são destinados a funções sociais.

Nestas funções sociais, ganha evidência a aposta na educação e qualificação, traduzida nos 5,1 milhões dedicados ao programa Viseu Educa.

Só para os mais desfavorecidos, o Viseu Social dedica 2,2 milhões de euros.

No meio ambiente, na sua conservação e preservação, a vontade firmada de manter e valorizar a cidade-jardim implica um investimento superior a 5,7 milhões de euros.

Almeida Henriques presidente do Município de Viseu, salienta que é a transparência preconizada neste documento que permite assumir o crescimento superior a 47% do programa Viseu Local, que aposta na coesão territorial e no desenvolvimento de todo o concelho, que passa a representar 11% das Grandes Opções do Plano.

A mesma transparência permite a identificação nas GOP de vários investimentos que em 2019 arrancarão, como seja a requalificação do Centro de Operações de Mobilidade, ou o alargamento da EN16 junto à Casa de Saúde, mas também a requalificação do Bairro Municipal, ou a construção do novo Centro de Saúde, ao lado de várias outras obras que marcarão os anos de 2019 e seguintes.

A aposta na mobilidade representa um peso de quase 16%, com investimento superior a 8,4 milhões de euros.

À semelhança dos anos anteriores, também este ano as despesas correntes são inferiores às receitas correntes, o que permitirá transferir para investimento a poupança corrente de mais de 11 milhões de euros.

Em 2019, o Município vai continuar a aplicar a taxa mínima de IMI, descontos para as famílias e minorações no Centro Histórico. Só no último ano, esta opção permitiu uma poupança fiscal aos viseenses de 8 milhões de euros.

Também o desconto no IRS se manterá em 2019, permitindo ao Município utilizar a receita arrecadada em funções sociais, como seja a educação, os transportes escolares ou a ação social.

Também o endividamento continuará numa trajetória descendente no próximo ano. Desde 2015, a dívida de médio e longo prazo diminuiu mais de 6 milhões de euros e durante o ano de 2019 serão liquidados outros 2 milhões de euros da dívida.

Por fim, os SMAS/Águas de Viseu continuam a privilegiar o investimento em água e saneamento, com um total de 5,3 milhões de euros destinados à execução de empreitadas e lançamento de novas obras.

 

Pode ver também

Câmara de Viseu retoma programa “Viseu Recicla”

Após um interregno por causa da pandemia, a Câmara de Viseu retomou a instalação de …

Comente este artigo