Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home / Notícias / B.E. População do interior “cansada” com os encerramentos dos serviços públicos

B.E. População do interior “cansada” com os encerramentos dos serviços públicos

Depois do anuncio do possível encerramento de dois balcões da Caixa Geral de Depósitos em Viseu, um em Abraveses outro no Rossio e um terceiro na cidade de Lamego, o grupo parlamentar do Bloco de Esquerda questionou o governo sobre a intenção de fechar os balcões do banco público.

Carlos Vieira do Bloco de Esquerda de Viseu, em declaração à Alive Fm realçou que as populações estão cansadas de verem os serviços públicos a encerrarem no interior do país.

O banco público financiado pelos contribuintes, salienta Carlos Vieira tem responsabilidades acrescidas.

O encerramento do balcão da CGD da Rua Formosa na cidade de Viseu, o Bloco de Esquerda lembra que serve toda a população da zona histórica, na maioria clientes idosos. o balcão de Abraveses abrange mais de 20 mil pessoas.

A agência do Desterro na cidade de Lamego, Carlos Vieira saliente que abrange a comunidade escolar, o hospital e zona industrial, o encerramento do balcão vai provocar problemas sérios à população.

A redução da operação da CGD, incluindo o fecho de 180 balcões em Portugal até 2020, foi acordada entre o Estado português e a Comissão Europeia como contrapartida pela recapitalização do banco público feita em 2017.

O ano passado já tinha fechado 67 balcões, encerramentos que provocaram muita polémica e protestos, sendo o mais conhecido o caso de Almeida. Assim, com o encerramento destes 70 balcões, a CGD terá ainda de fechar mais 43 balcões nos próximos dois anos.

Na lista de possíveis encerramentos de balcões do banco público está o da cidade Lamego, no Desterro e dois na cidade de Viseu, Abraveses e rua Formosa.

 

Pode ver também

Faltam 100 profissionais de saúde no Hospital de Viseu

Os deputados do PSD Viseu reuniram com o Conselho de administração do Centro Hospitalar Tondela …

Comente este artigo